Roberto Godoy

O jornalista Roberto Godoy, considerado o maior repórter de segurança, armas e guerras do Brasil, contrastava com o tema que se especializou: era uma pessoa de paz e de uma imensa candura. Na redação do Estadão, circulava com a mesma desenvoltura e simpatia pelas salas dos diretores ou pelas mesas dos “focas”, os jornalistas em início de carreira que passam pelo curso de treinamento do jornal. Continue lendo “Roberto Godoy”

Notícia: o crime da mala

No texto anterior, este que vos escreve citou rapidamente o nariz de cera, prática usada nos jornais de há muitas décadas. Era uma espécie de preâmbulo, que antecedia a notícia propriamente dita. Agora, para melhor entendimento, reproduzo trecho da primeira página de O Estado de S. Paulo na edição de 9 de outubro de 1928. Continue lendo “Notícia: o crime da mala”

A Terra plana de Lula

Adélio Bispo, o que deu a facada, estava a serviço do PT, é claro. As urnas eletrônicas não são confiáveis – são manipuladas pela Justiça Eleitoral para dar vitória ao PT. Ministros do STF trabalham pelos interesses do PT. Governadores e prefeitos mandaram as pessoas ficar em casa por causa daquela gripezinha porque queriam mesmo era ferrar a economia, ferrar o governo dele. Continue lendo “A Terra plana de Lula”

“Gestão Bolsonaro agiu para liberar jóias de R$ 16,6 milhões para presidente e Michelle”

“BRASÍLIA – O governo Jair Bolsonaro (PL) tentou trazer ilegalmente para o País colar, anel, relógio e um par de brincos de diamantes avaliados em € 3 milhões, o equivalente a R$ 16,5 milhões. As joias eram um presente do regime saudita para o então presidente e a primeira-dama Michelle Bolsonaro e foram apreendidas no aeroporto de Guarulhos. Estavam na mochila de um militar, assessor do então ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, que viajara ao Oriente Médio em outubro de 2021. Continue lendo ““Gestão Bolsonaro agiu para liberar jóias de R$ 16,6 milhões para presidente e Michelle””

“Bolsonaro não é conservador nem liberal, só reacionário e autoritário.”

Jair Bolsonaro disse ao Wall Street Journal que voltará ao Brasil para liderar a oposição. Se não quiser perpetuar a dialética infernal que recolocou no Planalto o lulopetismo – responsável pelos maiores escândalos de corrupção e a pior recessão da Nova República – nem a espiral de degradação que desembocou no 8 de Janeiro – o maior atentado à democracia desde a ditadura –, a direita, seja a liberal, seja a conservadora, deve fugir desse “líder” que nega todos os seus valores mais caros. Continue lendo ““Bolsonaro não é conservador nem liberal, só reacionário e autoritário.””

Brasileiro campeão do mundo tem toda hora

Estão de parabéns os portais dos jornais O Globo e O Estado de S. Paulo, por demonstrarem imensa sensibilidade no tratamento dado à notícia de que a brasileira Rayssa Leal havia acabado de conquistar o título mundial de skate de rua, em competição nos Emirados Árabes Unidos. Continue lendo “Brasileiro campeão do mundo tem toda hora”

A foto e o fato

A foto da repórter-fotográfica Gabriela Biló, publicada na primeira página na Folha de S.Paulo, suscita um debate sobre limites que devem ser respeitados. Nela, aparece a imagem de um vidro estilhaçado no Palácio do Planalto, na frente do presidente Lula sorrindo e ajeitando a gravata. A foto mostra uma situação de violência e pode sugerir um presidente que debocha do perigo. Continue lendo “A foto e o fato”

O Estadão, Lula e o horror

O Estado de S. Paulo combate o PT, Lula, o lulo-petismo desde que eles surgiram, nos anos 70. Mais antigo e tradicional entre os grandes jornais brasileiros, do alto de seus imponentes 147 anos de existência, tem uma sólida, firme, duradoura posição liberal na economia, de defesa da iniciativa privada e contra o gigantismo do Estado. É um jornal sabidamente, assumidamente de direita. Continue lendo “O Estadão, Lula e o horror”

Que beleza, Rede Globo!

Que beleza de trabalho a Rede Globo de Televisão fez ao longo desta campanha eleitoral atípica, anormal, conturbada, em que um dos dois candidatos favoritos não parava nunca de espalhar descrédito sobre as urnas eletrônicas, os resultados dos pleitos, a Justiça Eleitoral, o Judiciário como um todo e, portanto, a própria democracia. Continue lendo “Que beleza, Rede Globo!”

Livrar o Brasil de Bolsonaro (23)

“Mais uma vez, Bolsonaro envergonha o Brasil no exterior”, escreveu O Globo, no título de editorial da edição desta terça-feira, 20/9. O Estado de S. Paulo tascou, no alto de seu editorial do mesmo dia: “Incapaz de sentir compaixão por seus compatriotas, Bolsonaro desrespeita o luto dos britânicos, usa funeral da rainha como palanque e, de quebra, volta a duvidar do sistema eleitoral”. Continue lendo “Livrar o Brasil de Bolsonaro (23)”