Antirrepublicano, antiético – e pouco inteligente

“Ironia e deboche são incompatíveis com uma comunicação pública, impessoal, republicana. Fazer referências, mesmo indiretas, a um adversário é converter canais governamentais em palanques digitais”, diz, com carradas de razão, em editorial, O Estado de S. Paulo desta quarta-feira, 31/1. Continue lendo “Antirrepublicano, antiético – e pouco inteligente”

“Lula sabota o país”

Com uma rápida fala, ao final do café da manhã com cerca de 40 jornalistas, na sexta-feira, 27/10, o presidente Lula transformou seu ministro da Fazenda, Fernando Haddad, em bobo da corte, e jogou no lixo todo o esforço que ele vinha fazendo para tentar pôr de pé um plano para organizar as contas públicas e conter o déficit fiscal. Continue lendo ““Lula sabota o país””

A vassalagem de Toffoli (2)

A regra é de uma clareza cristalina, e vale em qualquer sociedade civilizada: juiz não julga causa de interesse de alguém de sua família, de seu círculo íntimo. Quanto mais, é claro, causa em que ele próprio esteja envolvido.

Se houver esse tipo de envolvimento, o juiz tem que se declarar impedido. Continue lendo “A vassalagem de Toffoli (2)”

A vassalagem de Toffoli

Do alto do seu vastíssimo saber jurídico, o mesmo que não foi suficiente para que ele passasse no concurso para a magistratura do Estado de São Paulo, e de sua sabida, proverbial imparcialidade, o ex-assessor jurídico da liderança do PT na Câmara dos Deputados e advogado de Luiz Inácio Lula da Silva nas campanhas presidenciais de 1998, 2002 e 2006 José Antônio Dias Toffoli decidiu invalidar todas as provas originadas no acordo de leniência da Odebrecht, no qual a empresa admitiu crimes e cedeu informações que impulsionaram a Lava-Jato. Continue lendo “A vassalagem de Toffoli”

A Terra é redonda e não foi golpe

É duro, é triste demais, mas é preciso repetir algumas verdades básicas, fundamentais, óbvias – mas que negacionistas de todos os matizes se recusam a aceitar. Tipo: a Terra é redonda. A água corre para baixo. Jabuti não sobe em árvore. Cloroquina não cura Covid 19. Vacina salva vidas e não faz ninguém virar jacaré. O sistema eleitoral brasileiro é absolutamente confiável. Não houve golpe: Dilma sofreu um impeachment absolutamente legal, seguindo todos os ritos da Constituição e das leis. Continue lendo “A Terra é redonda e não foi golpe”

Um terraplanista econômico no IBGE

Tinha um colega no Jornal da Tarde que era tão anticapitalismo, mas tão anticapitalismo, que não deixava dinheiro no banco. O salário caía na conta que todo funcionário da S/A O Estado de S. Paulo tinha que ter, ele ia lá, tirava tudo e levava pra casa, pra não ficar alimentando o dono do banco com o dinheiro dele. Márcio Pochmann, o presidente do IBGE escolhido por Lula, é igualzinho àquele meu colega. Para ele, o Pix é uma arma do Diabo para alimentar o capitalismo. Continue lendo “Um terraplanista econômico no IBGE”

Que tal governar?

“Lula está atrapalhando o governo”, sintetizou o título do editorial de O Estado de S. Paulo do sábado, 13/5. “O presidente da República – diz o editorial – poderia ao menos tentar conter a sua natureza de eterno candidato e se comportar como o chefe de Estado e de governo que carrega sobre os ombros o peso de conduzir um país com 215 milhões de habitantes e problemas extremamente complexos a serem resolvidos.” Continue lendo “Que tal governar?”

O sabotador do futuro

O modelo de privatização da Eletrobrás “foi discutido a fundo, aprovado no Congresso e sancionado pelo Tribunal de Contas da União (TCU)”. Mas aí vem o governo Lula com sua incansável sede pelo retrocesso, e ataca uma privatização que foi “referendada por todas as instituições da República”. Continue lendo “O sabotador do futuro”

Por que, raios, essa subserviência à Rússia e à China?

É uma questão de lógica, e não é complexa. Ao contrário, é até bastante simples, básica. Invasor é invasor, invadido é invadido.

Argumentar que “a decisão da guerra foi tomada por dois países”, que Volodymyr Zelensky, o do país invadido, é “tão responsável” pela guerra quanto russo Vladimir Putin, o invasor, é um atentado contra a lógica. Continue lendo “Por que, raios, essa subserviência à Rússia e à China?”

Bagunça e ameaça de retrocesso na educação

Quando os três maiores jornais do país defendem exatamente o mesmo ponto de vista, é bom prestar bastante atenção ao que eles estão dizendo. Porque é dificílimo, para não dizer impossível, que eles estejam errados. Continue lendo “Bagunça e ameaça de retrocesso na educação”