“O governo é incompetente”

“A inflação beira os dois dígitos, o desemprego e o desalento deixam de fora do mercado de trabalho 20 milhões de brasileiros, a miséria está aumentando, a educação foi entregue a três ministros sem os atributos mínimos para estar no cargo, a Saúde elevou o número de mortes na pandemia pela mistura perigosa de negacionismo e picaretagem, a crise hídrica se agravou por falta de planejamento e o preço da energia está explodindo. O presidente briga, ofende, ameaça, exatamente por isso. Tenta esconder o desempenho desastroso do seu governo.” Continue lendo ““O governo é incompetente””

O câncer do Brasil

Exibido em superclose, o que, propositalmente ou não, ressaltou o ser alucinado que nele habita, o presidente Jair Bolsonaro garantiu em vídeo nas redes sociais que sabe “onde está o câncer do Brasil” e o que fazer para livrar o país do mal. Não fosse o ensaiado tom grave de ameaça, pareceria um opositor barato atacando o governo, prometendo que curaria o país se eleito fosse. Uma lenga-lenga que vem combinada com a tática da inversão: atacar tudo e todos, atiçar e agredir para depois se dizer vítima, impossibilitado de governar. Continue lendo “O câncer do Brasil”

Educados cães chilenos

A inusitada quantidade de cachorros nas ruas não foi o que eu achei mais surpreendente na minha viagem ao Chile, em 2009. Curioso mesmo foi descobrir que, mais civilizados do que os humanos brasileiros, esses cães só atravessavam as avenidas nas faixas de pedestres. Continue lendo “Educados cães chilenos”

Porres da Semana!

Eita semaninha chata essa, pô! Perdi até o ânimo de escrever, mas, incentivada por todos os meus dois leitores, cedi e aqui estou com o humor do Omar Aziz diante de depoente que mente descaradamente, apesar das provas explícitas que negam suas falas. Continue lendo “Porres da Semana!”

Marina com nova paixão

Neste mês de agosto, aos 8 anos e 5 meses de idade, Marina está em início de paixão por um novo grupo musical que entrou em sua vida, o Now United. É um conjunto de vários rapazes e moças de diversos países, um grupo formado para saudar a diversidade, com brancos, negros, morenos, asiáticos. Continue lendo “Marina com nova paixão”

O que esperar deste 7 de setembro

A última vez em que um presidente mobilizou as massas para emparedar outro poder da República foi numa sexta-feira 13, em março de 1964. Com a realização do Comício da Central do Brasil, no Rio de Janeiro, o então presidente da República João Goulart tentou contornar a correlação de forças, que lhe era desfavorável no Congresso Nacional, por meio da pressão das ruas para tentar levar adiante seu programa de reformas de base. Continue lendo “O que esperar deste 7 de setembro”

O Filhote – Capítulos XIX a XXI

CAPÍTULO XIX – NASCE UMA DUPLA CAIPIRA

Os meses passaram e “Jura” se revelou um dos pescadores mais produtivos da turma de Jorge Sakamoto. Ganhou um bom dinheiro e assim que terminou a temporada de pesca já estava morando com a mulher na casinha que mandou construir na beira da estrada após a curva que ela fazia para os lados da vila. Era simples, mas tinha tudo o que “Dorvinha” queria: um bem cuidado jardim na frente, uma horta com tudo o que precisava, um pomar com fruteiras variadas e animais domésticos no quintal, como uma cabra com cria que dividia com ela o leite das tetas; galinhas e muitos ovos que ela recolhia dos ninhos no meio da manhã; patos, perus, galinhas d’angola e uma porca e seus leitões. Para ela era, enfim, o lar que sempre imaginou ter em sua vida de casada: bem cuidado e com fartura dentro de casa. Continue lendo “O Filhote – Capítulos XIX a XXI”

Gravíssimo!

Pouco importa se é para manter a claque mobilizada em permanente beligerância, incentivar  a violência e o caos. Admitindo-se uma versão mais branda, pode ser esperteza, burrice ou puro instinto de defesa. Seja o que for, o pedido de impeachment do ministro Alexandre de Moraes protocolado pelo presidente Jair Bolsonaro no Senado é gravíssimo – a maior ofensiva feita por ele para testar as instituições e corroer a democracia.  Continue lendo “Gravíssimo!”

Reis do Gado!

Depois de armar o maior salseiro no meio artístico, político, e na própria vida pessoal, Sérgio Reis, resolveu destocar o berrante que tinha tocado dias antes chamando o gado para uma manifestação geral no dia 7 de setembro. Continue lendo “Reis do Gado!”

A hora mais escura do Afeganistão

Não houve em Cabul cenas como as de Saigon de 1975, com americanos pendurados em helicóptero que decolava do terraço da embaixada americana. Mas houve uma mais trágica: afegãos, em desespero, pendurados em um supercargueiro em plena decolagem e despencando do avião para se estatelar na pista. Continue lendo “A hora mais escura do Afeganistão”

O advogado do presidente

Primeiro foram as notas de repúdio, que, mesmo duras, pouca serventia tiveram. Demorou, mas a reação à fera que se diverte em ser indomável e destruir tudo o que vê pela frente, sejam pessoas ou instituições, veio. O STF decidiu agir, o TSE idem, o Senado e a Câmara, mesmo que tardiamente, também. Só a chefia da PGR, na contramão de muitos dos procuradores, fingiu que nada tinha a ver com isso. Continue lendo “O advogado do presidente”

Impeachment é pouco. Tem que prender

Que Jair Bolsonaro mente, falseia, engana, isso é plenamente sabido. Disso até as emas do Palácio da Alvorada – pobres emas! – estão cansadas de saber. Mesmo assim, as duas revelações que vieram a público nesta sexta-feira são chocantes. Demonstram, da forma mais cabal possível, que o presidente da República não é apenas um mentiroso contumaz: é um criminoso. Continue lendo “Impeachment é pouco. Tem que prender”