Arquivos do Rótulo: Turista acidental

Adorável Blumenau

Blumenau é uma cidade em que a religião tem presença forte. São magníficas as igrejas principais – a luterana e a católica -, há diversos outros templos por toda parte e impressiona como são várias as livrarias e lojas dedicadas a temas religiosos. No entanto, Blumenau tem tanto orgulho de si própria e de sua curta mas fascinante história que roça o pecado da soberba. Ler Mais »

O Bairro Peixoto é um milagre

2015-03 - Rio - 0406 - Detalhe

Posso ser fresco, metido a besta? É assim: conhecer o Bairro Peixoto foi parecido com conhecer Paris, Londres, Nova York, San Francisco, Toronto, Montreal, o Havaí. Ler Mais »

Cidade Maravilhosa, Maravilhosa

2015-03 - Rio 001

Foi uma viagem bem curtinha ao Rio de Janeiro Fevereiro e Março que continua lindo, mas deu para confirmar que o verso escrito pelo Gil em 1969 vale sempre – e para conhecer dois lugares até aqui inéditos para nós: o Parque Dois Irmãos e o Bairro Peixoto.  Ler Mais »

Praia do Rosa: prazer em conhecer

2014-04 - Praia do Rosa - P1120978 - Corte

A Praia do Rosa é um lugar muito, muito especial. De cara, assim que cheguei, que dei as primeiras olhadas, me lembrei de lugares muito especiais como Visconde de Mauá, Praia do Forte, Trancoso de algum tempo atrás, Tiradentes. Ler Mais »

Um pouquinho de Maceió

Nunca fui a Fortaleza, nem a João Pessoa – as duas únicas capitais do Nordeste que não conheço. Mas estive agora em Maceió pela terceira vez. Ler Mais »

Na minha cidade, quase como um turista

São Paulo é uma maravilha. São Paulo me emociona.

Tenho por São Paulo admiração, respeito, embevecimento, orgulho, gratidão. Tudo em doses paulistanas – ou seja, gigantescas, quase infinitas. Ler Mais »

Tiradentes. Ou: Minas há, sim, e maravilhosa

Tiradentes é, provavelmente, um dos únicos lugares do Brasil que não piorou, não degringolou, não se horrorificou ao longo do meu tempo de vida.

Ao contrário, muito ao contrário, Tiradentes melhorou ao longo das últimas décadas.

Ler Mais »

Os profetas de Aleijadinho

A visão é emocionante, estonteante. No topo de uma montanha, diante de bela, imponente edificação, 12 esculturas que falam de um universo de milênios atrás encaram o vale e o mundo à frente delas. Tudo, absolutamente tudo acaba, mas as 12 esculturas são perenes.

Ler Mais »

Santiago: algumas dicas básicas

Dica de uma simpática senhora, dona ou gerente de uma pequena cafeteria de Santiago, ao receber do turista três notas novas de 1.000 pesos chilenos (que ele achava serem só duas) para pagar dois expressos: antes de fazer qualquer pagamento, deve-se esfregar bem as notas, para ter certeza de que uma não está colada a outra. Ler Mais »

Santiago de Chile

Olhávamos os mapas, tentando entender onde estávamos, no primeiro dia da viagem. Uma senhora se aproximou e disse: Que calle cercas? Era uma mulher de uns 50 anos, simples, classe média média. Não se conteve diante dos dois turistas que pareciam perdidos, quis ajudar. Ler Mais »

Aventuras de um casal paulistano em L.A.

Fala, Sérgio.

Tenho novidades. Fomos pra Los Angeles novamente, estou repleto de novas historinhas maravilhosas! Ler Mais »

Porto Alegre, uma fascinante cidade onde não vale o que está escrito

Em Porto Alegre, ao contrário de no Brasil do jogo do bicho, não vale o que está escrito. E a maior atração da cidade é – como dizem a respeito da macheza da gente daquele estranho país ao Sul de Santa Catarina – uma ficção. Ou, no mínimo, uma gigantesca dúvida. Ler Mais »

Paris

Hemingway tinha razão: Paris é mesmo uma festa. Milhões e milhões de pessoas que souberam disso antes de mim tinham razão: Paris é escandalosa, despudorada, absurdamente linda. Ler Mais »