Não se usa máscara no Ministério da Saúde!

Fiquei chocado com a notícia de que, nesta sexta-feira, 26/3, o novo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, determinou que os funcionários do Ministério usem máscaras.

Meu Deus do céu e também da Terra! Quer dizer então que em pleno Ministério da Saúde as pessoas não estavam usando máscaras! Foi preciso que o novo ministro – o quarto, em um ano da pandemia mais avassaladora dos últimos cem anos – desse ordem para que os funças passassem a usar a mais básica, mais fundamental arma para enfrentar o novo coronavírus que já matou mais de 300 mil brasileiros!

É um absoluto absurdo. É inimaginável. É o mais completo nonsense.

E no entanto…

Pois é. No entanto, é natural, é lógico, é coerente: não se poderia esperar nada diferente dentro do desgoverno do genocida Jair Bolsonaro.

Foi o que disse, em comentário de um post que fiz, escandalizado, no Facebook, uma amiga recente que já admiro muito, Aléxia Aguirre.

Aléxia é médica, trabalha num hospital da cidade de Santiago, Rio Grande do Sul. O comentário dela me fez cair a ficha. De fato, não é o mais absoluto absurdo, não é inimaginável, não é o mais completo nonsense que no Ministério da Saúde não se usasse a máscara.

É natural! É lógico! É coerente! É o desgoverno Bolsonaro, uai!

Esta semana, pressionado por todos os lados, pressionado pelos números chocantes de mortes, de infectados, de doentes à espera de vaga nas UTIs, e com um novo nome na Secretaria de Comunicação, o idiota que dá expediente no Palácio do Planalto resolveu, bastante a contragosto, bastante pouco à vontade, aparecer com uma nova persona, mais dócil, até mesmo usando máscara – ele, que passou um ano promovendo sempre que podia aglomerações, dentro dos palácios e fora, sem usar a proteção.

Mas o Bolsonaro que, a fórceps, usa máscara e defende a vacina, esse aí é mais falso que nota rasgada de 3 guaranis paraguaios.

A essa altura, a imensa maioria dos brasileiros sabe disso.

O Bolsonaro de verdade é o que botou no Ministério da Saúde um general que não sabe diferenciar o Amazonas do Amapá – e que não exigia que os funcionários usassem máscara!

É natural! É lógico! É coerente! É o desgoverno Bolsonaro, uai!

O Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos é contra a mulher e contra os direitos humanos – de homens ou mulheres.

O Ministério do Meio Ambiente age incansavelment para acabar com a fauna e a flora. Árvore boa é árvore derrubada, bicho bom é bicho morto.

A Fundação Palmares tem ódio profundo das pessoas de pele negra e acha que a escravidão foi uma boa.

A Advocacia-Geral da União é o Escritório de Advocacia Especializado em Casos de Bolsonaro & Filhos.

A Procuradoria-Geral da República é a Lambedoria-Geral do Saco do Capitão.

O Ministério da Justiça é o Ministério da Perseguição a Quem Fala Mal do Capitão.

É. De fato, seria absolutamente esquisito se no Ministério da Saúde se usasse máscara contra a Covid.

Só há uma pergunta que importa: quando é que o nobre deputado Artur Lira vai levar em consideração um dos 50 pedidos de impeachment do genocida?

26/3/2021

Este post pertence à série de textos e compilações “Fora, Bolsonaro”. 

A série não tem periodicidade fixa.

A cada dia editoriais e artigos demonstram como Bolsonaro faz imenso mal ao País. (44)

Quatro belos artigos mostram por que é preciso tirar Bolsonaro o quanto antes. (43)

Na prática, Bolsonaro é o ministro da Saúde. Logo, as coisas só mudan quando ele sair. (42)

2 Comentários para “Não se usa máscara no Ministério da Saúde!”

Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.