Corrupto, o vírus

Besteirol

Bomba! Um cientista desconhecido descobriu a causa do mal que assola e assolou a Humanidade em todos os tempos. Isolou o vírus corrupto, assim batizado por ele. Sim, descobriu que o que provoca a ambição no ser humano de se apropriar de somas de dinheiro, por todos os meios, é um vírus como o da gripe.

Não se trata portando de caráter, hombridade, honestidade. O ponto central é o vírus, que se abate sobre essas qualidades e as degenera. Uma prova apresentada pelo cientista é que as pessoas sãs, não alcançadas pela pandemia do corrupto, comportam-se de forma muito diferente. Se uma delas, ainda que um pobre, encontra um envelope perdido, cheio de dinheiro, mas tem meios de entregá-lo a quem perdeu, não hesita em fazê-lo. O noticiário tem registrado.

O combate ao mal que o corrupto provoca nos corruptos mostra-se muitíssimo difícil. Se muita gente não quer tomar vacina para se livrar do coronavírus, imagine se vai querer sarar de uma doença que não dói, não mata, e, se for bem alimentada, traz fortuna e fama.

Em todo caso, se a partir de agora algum beneditino resolver precaver-se contra o mal, deve tomar certos cuidados. Por exemplo, ficar longe do álcool. Este produto é uma arma contra o corona, mas tem maus resultados quando se trata do corrupto. Neste caso, o álcool é ingerido. Fartamente, em animados encontros para tramar-se como lesar o erário público ou o próximo.

Apesar das reações negativas que a descoberta do corrupto provocou, em todo mundo, seu autor foi indicado para receber importante prêmio internacional. Mas correu uma grana, e tiraram o cara do páreo.

Dezembro de 2020

Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.