Botam um milhão e meio na conta, e nem avisam…

Fechei o jornal, e estremeci. E se…?

Quem sabe…?  Tenho duas ou três contas bancárias antigas, que não movimento há bom tempo. Talvez… Puxa! Usei o site de um banco, em outros tive que ir à agência. Encarei grandes filas, funcionários me olhando como a um ET, burocracia e cobrança de taxa especial.

Deu uma trabalheira… para nada. Ninguém depositou dinheiro na minha conta sem que eu soubesse.

Vou pedir a um deputado meu amigo… espere, amigo não, apenas de bom-dia boa-tarde, nenhuma intimidade, juro. Enfim, vou propor que apresente um projeto de lei obrigando os bancos a avisar o correntista sempre que alguém faça um depósito na conta dele. Um e-mail, um WhatsApp.

Para evitar constrangimentos, como agora mesmo está acontecendo com Eduardo Cunha, o chefão da Câmara dos Deputados. Nesse caso, o dinheiro pertencia a um morto, que tinha uma dívida com Cunha, como está nos jornais. O filho do falecido fez o depósito quitador da dívida, mas o deputado não ficou sabendo.

Não é justo. Um cidadão tem o direito de saber se alguém deposita um ou outro milhão no nome dele. No caso de Cunha é uma conta que não existe, e ainda por cima fica no Exterior.

Mas e quem opera aqui na terra? Em julho mesmo colocaram R$ 4 mil na conta de uma assessora do governo do Maranhão. Ela só soube por informações de blogs, como explicou em uma nota. Vítima de “covarde armação” estornou o dinheiro. Se o banco tivesse avisado, não acontecia nada disso.

Novembro de 2015    

19 Comentários para “Botam um milhão e meio na conta, e nem avisam…”

  1. Botam um milhão e meio na conta do Cunha e surrupiam um comentário do Luiz Carlos.
    Valdir, o Maluf fez história, ladrão pego com o porco nas costas, gritava porco ? que porco ? tirem este bicho de cima de mim.
    O traste do Cunha diz, este dinheiro não é meu, e do trust!
    Moro e MP, por favor quebrem meu sigilo bancário, quero ser investigado. Surrupiaram um milhão da minha conta.
    Quero meu dinheiro, e o comentário do Luiz Carlos.
    Enquanto isto Sérgio tenta cadastrar a empregada doméstica.
    Brasiuiuiuiul.

  2. LUIZ, e depois criticam a incompetência da Dilma.
    Criticar é fácil. O PT já foi pedra hoje virou vidraça.
    Não me critique, faça melhor!

  3. Acho que a culpa deve ser do meu novo notebook, Miltinho. Eu estou apanhando do tal Windows 10. E o site não deve ter simpatizado com o meu novo IP. O misterioso é que consigo postar outros comentários, mas nunca o que eu fiz especificamente sobre o texto do Valdir. Ou, então, é macumba.

  4. Luiz Carlos, não sei o que pode ter acontecido com seu comentário. Se você está com novo notebook, seu comentário não entraria automaticamente aqui, porque o primeiro comentário de cada IP tem que ser submetido ao administrador – eu mesmo… Mas não achei comentário nenhum aguardando mediação…
    Deve ser macumba do Cunha.
    Um grande abraço!
    Sérgio

  5. Talvez porque o LUIZ não é o titular do seu IP é apenas beneficiário. Se a Dilma, para gáudio do Servaz, não consegue criar um aplicativo para cadastrar domésticas. exigir a eficiência na divulgação dos comentários seria malvado.

    Se curiosidade fosse letal eu já estaria morto.Luiz use sua memória e nos brinde com a restauração do seu comentário.

  6. Já reescrevi o comentário fantasma umas cinco vezes, Miltinho. Enviei pelo notebook velho, pelo novo e pelo smartphone, mas não sai nada. O curioso é que meus outros comentários, como este, são publicados. Agora que reclamei direto com a gerência, vamos ver se acontece alguma coisa. só pra te deixar curioso, adianto que o seu nome consta do meu comentário fantasma, Miltinho.

    smartphone, mas não sai nada. O engraçado é

  7. O começo é sempre difícil, Luiz Carlos e Miltinho, vamos tentar novamente.
    Lembram-se disso? “O começo é sempre difícil, Cordélia Brasil, vamos tentar novamente”.
    Vou tentar em seguida publicar o comentário fantasma do Luiz Carlos, que recebi via mensagens de fumaça e tambores indígenas.
    Um abraço.
    Sérgio

  8. O PT acabou com o amadorismo da corrupção brasileira. Cunha, logo se vê, é um amador da velha escola. Esse negócio de não sabia é monopólio petista e só faz efeito com a militância. Logicamente ele deveria ter alegado umas palestras sobre a hora da morte para o tal falecido. Ou consultoria sobre as melhores marcas de caixões. Afinal, um milhão e meio é mixaria perto dos 53 milhões das palestras de Lula e dos 39 milhões das consultorias de Dirceu. Sem falar nos 216 milhões que o COAF detectou nas contas de Palocci. Que morto mais pão-duro.
    Cunha deixou rastros demais, como um principiante. E ainda ousou abandonar a quadrilha muito cedo. O resultado foi que os profissionais do PT, com ajuda da imprensa domesticada, conseguiram coloca-lo como figura central da corrupção brasileira. Até o Miltinho está com raiva dele. E a militância da internet está eufórica por finalmente poder jogar pedras num corrupto que tire o foco dos principais integrantes da quadrilha.

    Assinado, Luiz Carlos Toledo.
    O Sérgio Vaz que vai aí acima apenas transcreveu.

  9. Luiz Carlos, valeu a pena esperar a publicação do texto.
    .
    As entrevistas que o Cunha deu aos jornalões neste fim de semana são uma confissão de culpa. Especialmente a da Folha. Acabou confirmando que o porco citado pelo Miltinho é dele mesmo. Embora não tenha percebido quando o colocaram lá.

  10. A utilização do advérbio “até” me pareceu depreciativa e provocadora. Nunca nutri raiva pelo Cunha, minha apreciação é de despreso e de concordância com a alcunha de patife.
    Mas o texto do Luiz Catlos Toledo, resgatado pelos poderos misticos do SérVaz, traz informações falsas. (CP – Art. 138 – Caluniar alguém, imputando-lhe falsamente fato definido como crime). A informação do valor de 53 milhões em palestras do LULA certamente não possui pertinência ou consistência e pode ser atribuida ao ódio generalizado nutrido contra os nordestinos pelas zelites. O LULA nunca mais terá meu voto, e aqui e agora, dou meu voto a FHC caso seja candidato contra LULA em 2018. Mas tachar LULA de corrupto é fazer política de baixo nivel e foge a elegância exercida pelo gurú dos tucanos.
    As instituições brasileiras avançaram evãoavançar mais com a participação do MPF e suas proposições para introdução de mudanças no Código Penal e também com as propostas do Brasil aprovadas na ONU para o combate da corrupção.
    Apesar da minha luta contra as desigualdades afirmo ao Valdir que o porco não é meu, com certeza. Sou zelite mas não cheguei lá.

  11. O seu comentário aguarda moderação.
    A utilização do advérbio “até” me pareceu depreciativa e provocadora. Nunca nutri raiva pelo Cunha, minha apreciação é de despreso e de concordância com a alcunha de patife.
    Mas o texto do Luiz Catlos Toledo, resgatado pelos poderos misticos do SérVaz, traz informações falsas. (CP – Art. 138 – Caluniar alguém, imputando-lhe falsamente fato definido como crime). A informação do valor de 53 milhões em palestras do LULA certamente não possui pertinência ou consistência e pode ser atribuida ao ódio generalizado nutrido contra os nordestinos pelas zelites. O LULA nunca mais terá meu voto, e aqui e agora, dou meu voto a FHC caso seja candidato contra LULA em 2018. Mas tachar LULA de corrupto é fazer política de baixo nivel e foge a elegância exercida pelo gurú dos tucanos.
    As instituições brasileiras avançaram evãoavançar mais com a participação do MPF e suas proposições para introdução de mudanças no Código Penal e também com as propostas do Brasil aprovadas na ONU para o combate da corrupção.
    Apesar da minha luta contra as desigualdades afirmo ao Valdir que o porco não é meu, com certeza. Sou zelite mas não cheguei lá.

  12. Realmente, Miltinho, somente 17 milhões são atribuídos pelo Instituto Lula às nunca vistas palestras do barbudo. Quem registrou a passagem de 53,5 milhões na conta dele foi o relatório que o COAF entregou para o Ministério Público. O relatório, publicado pela revista Época da semana passada, você inclusive deve achar bem malicioso, pois conclui que Lula, Palocci, Erenice, Pimentel e amigos não desempenham atividades econômicas que justifiquem a passagem de meio bilhão de reais nas contas deles. Com essa nova mania petista de fazer palestras, acho que acabei me precipitando sobre a fonte dessa fortuna detectada pelo COAF na conta do milionário Lula. Você tem razão: os milhões restantes podem muito bem ser fruto de consultorias, iguais àquelas que o filho dele, Fábio Luís, andou fazendo, com muito lucro também. Portanto, ficamos assim: você acredita na licitude da fortuna de Lula e eu, Valdir, Sérgio e o companheiro Hélio Bicudo, acreditamos no COAF.

  13. Se tudo que o Luiz diz for verdade…Papuda para eles.
    O que me causa certo receio é a transformação do judiciário em instrumento político e a delação em premio transformador de bandidos em heróis. Vide a entrevista do delator Paulo Roberto Costa na Folha de SP.

  14. Miltinho, ninguém considera heróis esses corruptos que fizeram delação. Isso é conversa pra boi dormir. Todo mundo sabe que eles são bandidos. Nos países mais democráticos e desenvolvidos, ladrões são premiados com redução de penas ao colaborar com a justiça denunciando seus chefes e o resto da quadrilha. O instrumento da delação só é reprovado, por coincidência, pelos principais acusados. O engraçado é que eles não atacam o conteúdo da denúncia, mas sim a figura do delator. Do dia para a noite, o antigo parceiro de negócios vira um pária.
    E,quando a justiça pune políticos corruptos, não tem como evitar a repercussão política do fato. Eu sei que dói no coração de um petista de boa fé ver seus heróis serem desmascarados como ladrões. Dói muito ver Dirceu, o guerreiro do povo brasileiro, ser desmascarado pela segunda vez, ter descoberta a sua condição de milionário do socialismo. Em vez de culpar a justiça e a imprensa, que tal cobrar dos acusados uma explicação convincente para tantos milhões que apareceram milagrosamente em suas contas? Só na de Palocci entraram 216 milhões. Com certeza ele deve ter uma boa explicação para isso. Aliás, me lembro agora que não vi nenhum petista crucificando Youssef por ter delatado Eduardo Cunha. Não vejo nenhuma alma caridosa criticando a polícia e o MPF por estarem no encalço dos 5 milhões que ele arrecadou. Só porque ele não é filho do Lula? Tenho certeza de que você considera mais importante o combate à corrupção do que essas questiúnculas sobre o caráter dos delatores ou a interferência da justiça na política. Não é possível que fique magoado se algum delator abrir o bico e revelar que as consultorias de Palocci não são tão caras assim. Mas, não tenha receio, essa dor um dia passa. Tenho um amigo petista que mostrava com orgulho o recibo do depósito que fez para a vaquinha da fiança de Dirceu. Quase se matou de vergonha quando a Receita Federal, após quebra do sigilo fiscal, informou que o herói tinha 39 milhões na conta. Sorte dele que nós, pobres coxinhas enganados pelo PIG, temos consideração pelos petistas de boa fé.

  15. LUIZ não sou o petista de boa fé que você imagina. O PT que você combate é o mesmo PSDB que eu sou contra. O meu PT não morreu, expulsou o Dirceu, o LULA e outros. Pouco me importa a prisão dos delatores e delatados o que me importa é a manipulação das instituições ao prazer dos poderosos. O poder caro amigo não está nas mãos do PT, está nas mãos da classe dominante de 515 anos. Nós da classe média babamos pelo poder e aspiramos um cargo de gerente de um país qualquer. Cargo que custa caro e sujeito a oposição e impropérios ditos pela imprensa, em estádios de futebol, palcos e ringues de MMA. Pergunta que não quer calar, você acha que com 39 milhões na conta Dirceu ou Cunha, ou Pallocci estão muito preocupados? Outra você não acha as punições um pouco brandas? Na minha ilha estariam no paredon, os milhões roubados seriam confiscados aos sucessores. Vide caro LUIZ e comente propostas do MPF para mudança do nosso Código Penal que manda ladrões de galinha para a masmorra e delatores para a Papuda hotel de primeira na classificação da justiça italiana. O MPF quer transformar corrupção em crime hediondo, pode ou não pode?
    Estou à esquerda sempre, sou do PT de sempre, sempre sonhado.

  16. Miltinho, agora você deu uma de Lula, quando admitiu que a Dilma ganhou a eleição falando uma coisa e depois fez outra completamente diferente.
    Você se pegou pela palavra.
    O PT não expulsou o Lula, o Dirceu, Miltinho.
    Esse PT que você enxerga não existe, é que nem os moinhos de vento que o Dom Quixote queria atacar.
    Esse PT é sonho, como você mesmo diz. Ele não existe – só na sua cabeça, em seus sonhos.
    O PT que existe é uma quadrilha de ladrões e de gente que não sabe administrar. Gente incompetente, inepta, que enfiou o Brasil num precipício, num buraco sem fim. E que rouba, rouba, rouba.
    Um abraço.
    Sérgio

  17. Vivo sonhando, sonhando, mil horas sem fim.
    Vou desenhar para vocês, o meu PT existe só em sonhos, e quixotesco sim, e quimera de um socialismo que supere a mixórdia de um capitalismo de desigualdades. No meu PT não cabem, LULA, Dirceu, Pallocci, etc… expulsos do meu sonho onde não cabe também FHC, Aécio e Cunha.

    O ódio nunca atingirá o meu sonhado PT. Odiar os sonhos é quebrar lanças contra moinhos de vento, é como dar murros em ponta de facas.

    Porque este não vai ser o país do ódio generalizado, mesmo que esse seja o sonho de tantos que não conseguiram vencer democraticamente.

Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.