Orgulhosos? Do quê?

Até hoje se discute se a orientação sexual do ser humano é ou não uma questão que nasce com ele ou se é um traço comportamental que a pessoa, por escolha, segue. Sou de opinião de que esse é um traço da natureza biológica.

É por isso que não consigo compreender alguém ter orgulho em ser gay ou em ser hétero. Orgulho de um traço de sua natureza que lhe foi definido ao nascer?

Orgulho deveriam ter os que se aceitam como são e que não vivem a fingir o que não são para agradar A ou B. Há famílias que não aceitam seus filhos como eles são e vivem a forçá-los a não ser o que são. Por exemplo, nascer gay ou hétero é o mesmo que nascer canhoto ou destro. A ignorância leva certos pais a querer forçar o uso da mão direita por achar que ser canhoto é um desdouro. Forçar a criança a usar a mão que não lhe é a natural é o caminho mais rápido para vários problemas que surgirão com a idade. Como, por exemplo, a gagueira.

O mesmo se aplica às pessoas que, por medo da reação negativa que encontrarão em seu meio ambiente, escondem suas preferências sexuais. Se isso é um grave problema para o cidadão comum, imaginem o que não fará com os políticos!

Mas isso vem sendo vencido aos poucos. Como sempre, da pior forma possível. E, como sempre, graças à ignorância que permeia entre nós, da condenação aos gays passamos ao orgulho em ser gay. Você leu certo: orgulho.

Mas orgulho por quê? Orgulho devemos ter em vencer obstáculos de difícil transposição, não em seguir impulsos sexuais que sentimos naturalmente. A Parada do Orgulho Gay é uma tolice. Imaginem a estupidez da criação de uma Parada do Orgulho Hétero! Pobre do político que resolvesse aderir a isso. Seria taxado de preconceituoso, ou pior, de cruel.

Quer me parecer que o que está havendo é puro marketing. Ser gay é, na opinião dos que querem ser moderninhos, ser mais avançado que os héteros, estar mais de acordo com os dias de hoje. Começo a pensar que muitos se afirmam gays para ter mais seguidores.

Pobre Brasil, que de moderno só tem idéias tronchas. Assim, de grão em grão, chegaremos ao Reino da Mais Cruel Ignorância!

Julho de 2021

 

Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.