Um sujeito sem noção

Era um sujeito tão sem noção que quando…

… ouviu dizer que todo mundo estava usando máscara, pegou a sua, e saiu para a rua todo feliz fantasiado de Zorro.

… soube que Bolsonaro disse que havia uma gripezinha no País, correu à farmácia e comprou dois comprimidos de Cibalena.

… entendeu que é preciso lavar as mãos com álcool, passou a jogar dois lances na mão, e um para o santo.

… lhe disseram que não era para sair de casa, convidou o time de futebol onde jogava para fazer companhia.

… mandaram trabalhar em home office, obedeceu. Zeloso, faz todo o trabalho no computador, depois imprime e vai entregar na empresa.

…. aconselharam a não dar a mão em cumprimento a ninguém, trocou o gesto, para mulheres, por um selinho; homens, um aperto de bochechas.

…, por fim, lhe disseram que a coisa estava feia, se ofendeu. “É o jeito dela”, disse, defendendo a namorada.

Abril de 2020

Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.