Quem se carimbou foi o Lula

Anteontem, o ministro-chefe da Casa Civil, Jaques Wagner, amigo leal, disse que o ex-presidente Lula, por ter prestado inestimáveis serviços à sociedade e por ter um enorme carisma, virou o objeto do desejo dos que sonham em vê-lo investigado, o que é, segundo o ministro,  uma verdadeira obsessão em ver Lula criminalizado.

Na opinião do ministro, o ex-presidente, por tudo que fez pelo Brasil, deve ser tratado com muito respeito e reprova os que pretendem carimbá-lo disso ou daquilo.

Sabem quem discorda do ministro? O seu amigo Lula! Num dos cafés da manhã com blogueiros escolhidos a dedo, Lula se carimbou de “a viva alma mais honesta do Brasil” e “sonho de todo delator”, pois o  grande prêmio para os delatores é envolver o Lula, segundo ele ouviu dizer…

Creio que esse ‘ouviu dizer’ veio lá de dentro de sua alma – limpa, vazia dos pecados da corrupção, segundo ele, mas viva e antenada, ao que parece. Melhor do que qualquer outra pessoa, Lula sabe o quanto e quando errou.

Não sei se vocês se lembram, mas quem jogou no pano verde a palavra impeachment foi a própria presidente. Desde que ela disse, em julho de 2015, numa entrevista à Folha de S. Paulo, que ninguém a tiraria do Planalto, o impeachment passou a frequentar o noticiário nacional. Da mesma forma, agora Lula ao dizer que seu nome numa delação premiada é prêmio para o delator, lança um desafio que já começa a ser aceito.

A 22ª fase da operação Lava Jato, a Triple X, pretende desbravar toda a novela da Bancoop (Cooperativa Habitacional dos Bancários de São Paulo) que prejudicou tanta gente e que em 2009 foi repassada para a OAS, numa manobra um tanto ou quanto confusa. Lula e dona Marisa Letícia são, foram, eram, proprietários de um triplex num dos edifícios, o Solaris. Um apartamento triplex de quase 300 m² que recebeu, depois de pronto, um elevador privativo que só serve aos três andares da cobertura. Lula diz que o apartamento não é deles, o que a família Silva tinha era uma quota do empreendimento da Bancoop, devidamente declarada por ele.

É ou não é um bom tema para quem estiver em busca do tal grande prêmio que é falar do Lula?  Se ele só tinha uma quota, por que foi se meter a gaiato e mandou instalar na unidade um elevador privativo? E qual o motivo da OAS em reformar o triplex com tanto luxo que os custos chegaram a quase R$ 800 mil? Querem nos fazer crer que a empreiteira fez isso por fazer, sem o intuito de servir ao Lula?

Os dois presidentes, o ex e a atual, nos tomam por burros. Acham que como são aplaudidos por seus áulicos, nós, o povo, também estamos aplaudindo. Como são bobinhos…

Lula, naquele encontro matinal com os blogueiros do coração, enviou um recado para sua pupila: “ Dilma tem que meter isso na cabeça: não só tenho que governar para caramba, mas tenho que eleger meu sucessor!”

E o sucessor, ainda que mal pergunte, seria quem?

Este artigo foi originalmente publicado no Blog do Noblat, em 29/1/2016. 

2 Comentários para “Quem se carimbou foi o Lula”

  1. A compra de um auto perua Elba derrubou Collor. Lula vai cair pela compra de uma cota do apezinho no Guarujá ex sonho de consumo dos coxinhas tucanos, hoje a Meca dos petistas. Petistas trocaram a Praia Grande pelo Guarujá, Bertioga, Maresias e só a lava jato investigar os condomínios.
    Lula deu mole, perdeu, perdeu até para as velhinhas do Tatuapé. O quarto poder do PIG e o judiciário serviçal estão fazendo estrago. NOSSO MEDO é que a cadeia seja apenas para o lulismo e que os azeredos retornem.
    Lula já era! Quem o será o sucessor?

  2. O PT E AS EMPREITEIRAS
    Ora, sejamos marxistas!

    A estrela do PT chegou a reluzir como a via de promoção dos desassistidos, mas não os libertou da pobreza. O projeto de classe parece que foi outro.
    Os empreiteiros, que não são marxistas, sabem muito bem por quê.

    ***

    Eugênio Bucci é jornalista e professor da ECA-USP

Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.