Lula e Chico, juntos e ao vivo

zzzz e.es

Lula e Chico juntos e ao vivo, em um ato político! Nem precisa citar as outras dezenas de artistas e intelectuais presentes. Imagine, Lula e Chico juntos!

O melhor presidente que o país já teve, o político mais importante de todos os 500 e poucos anos da História deste país, o operário que distribuiu riqueza, que tirou milhões de brasileiros da miséria – e o artista que é a maior unanimidade da vida nacional, o Símbolo da Frente Ampla de Todas as Almas Nobres da Brasilidade!

Juntos e ao vivo!

Uai! Foi no Rio de Janeiro, a cidade mais progressista do país, a capital da elite cultural? Bem, então teve mais gente do que no Comício pelas Diretas Já na Candelária! Ah, por baixo, 3 milhões de pessoas!

Sim, porque Lula e Chico juntos e ao vivo, bem, Lula e Chico…

Ah, não pode haver nada que se compare a este encontro no mundo todo.

Seria mais ou menos assim como um ato público reunindo Franklin D. Roosevelt, John F. Kennedy (os dois juntos não dão a importância de Lula, certo?), e mais Woody Guthrie, Pete Seeger, Bob Dylan, Joan Baez e Bruce Springsteen (todos eles juntos não dão um Chico Buarque!) diante do Lincoln Memorial de Washington.

Seria mais ou menos como um ato público reunindo Winston Churchill, o Tony Blair do seu primeiro ano, e mais todos os Beatles juntos, The Who, Pink Floyd, The Clash, Duran Duran, The Smiths, num entardecer de segunda-feira no Hyde Park.

Ah, é multidão pra nunca mais ninguém botar defeito.

Nem aqueles dois milhões de coxinhas que encheram a Avenida Paulista no 13/3 pedindo Fora, Dilma, Fora, Lula – que ainda bem que a Datafolha contou direitinho e baixou pra, ih, nem me lembro mais, uns 450 mil, né? –, seriam páreo para Lula e Chico!

***

Pois é.

Lula e Chico, juntos e ao vivo, mais um monte de artistas e intelectuais, conseguiram reunir – nesta segunda-feira, 11 de abril, em que a comissão especial na Câmara dos Deputados aprovou, por 38 a 27 votos, o relatório que decide pelo andamento do processo de impeachment de Dilma Rousseff – cerca de 50 mil pessoas junto dos Arcos da Lapa.

50 mil pessoas segundo os organizadores – o PT, o PCdo-B, a CUT, a UNE, a Ubes, o MST, o MSTS, a FUP, o Sindicato dos Petroleiros, o Sindicato dos Bancários, e mais um número imenso de outros sindicatos.

Todo mundo infla seus números, mas os lulo-petralhistas inflam demais da conta. As CUTs e UNEs da vida contaram 500 mil de pró-lulo-petralhismo na Paulista no dia 18/3 – enquanto a PM contava 80 mil e o Datafolha, muito amigo deles, conseguia chegar até 95 mil.

Lula e Chico, juntos e ao vivo, mais um monte de artistas e intelectuais, no Rio de Janeiro, em ato apoiado por algumas dezenas de organizações que mamam nas tetas do governo federal, conseguiram juntar impressionantes, fantásticos, absurdos, fenomenais… 50 mil pessoas?

Não há número da PM do Rio, porque, convenientemente, a PM do Rio, Estado governado pelo PMDB dilmista, se recusa a fazer contas.

Meu, mesmo admitindo que tenham sido 50 mil pessoas nos Arcos da Lapa diante de Lula e Chico juntos e ao vivo…

50 mil tinha em uma única quadra da Paulista no dia 13/3!

***

Posso estar errado. Estou escrevendo este texto assim que vi a imagem da manifestação junto dos Arcos da Lapa –  e não vou dizer que estou escrevendo de forma lúcida, lógica, racional, porque seria mentir.

Estou escrevendo com emoção, muito mais com o fígado do que com a razão.

Então posso estar errado – mas me parece que o país acabou de assistir à prova final de que a fraude lulo-petista acabou. Naufragou de vez.

Se juntos e ao vivo, e com a toda a mortadela de CUT e UNE e etc., Lula e Chico conseguem juntar apenas 50 mil pessoas, então é porque acabou.

Os deputados que ainda estão indecisos deveriam prestar muita atenção a esse ato no Rio, aos números, ao que eles apontam.

Quem votar a favor da continuação do desgoverno Dilma será descontinuado da vida política.

Depois do que aconteceu nos Arcos da Lapa, não dá para ter dúvida alguma disso.

12/4/2016

A foto do alto é de Daniel Marenco/Agência O Globo

4 Comentários para “Lula e Chico, juntos e ao vivo”

  1. CHICO E LULA vivos e juntos levaram 3000 pessoas a Lapa, reduto boêmio da capital cultural, segundo a imparcial rede de tv.

    A banda Cold Play levou 80 mil coxinhas na Arena Palmeiras antigo saudoso Parque Antártica.

    É a massa em manobra e análise de quantidade. Análise da forma sem conteúdo. Massa que informa a opinião mas que deforma
    a solução.

    Eu e Eremildo, dois notórios idiotas, concluímos: é vai ter golpe sim, e completamos, outro golpe, mais um.

    A múmia embalsamada pela oposição já comemora a sua posse.
    A festa da vitória na avenida paulista terá show gratuito de Lobão e Fábio Jr com direito a performances de Anita e Janaína.

    Minha camisa vermelha aguardará, por TEMER justificado, no armário por mais 20 anos de colonialismo cultural, muito consumo, muito PIB, afinal o almoço não é grátis tem que ser pago, nem que seja sanduiche de mortadela.

    Em quanto a massa é manobra(hoje a chamam de galera) e sonha com a mortadela, 2 milhões de coxinhas segundo a PM, querem manter a sobremesa, goiabada cascão com muito queijo,
    são jornalistas, meritocratas, são flagelados, são pingentes, balconistas
    palhaços, marcianos, canibais, lírios, pirados dançando e dormindo de olhos abertos à sombra da alegoria de políticos embalsamados. (licença João Bosco)

    Até lá eu, Eremildo, Chico, Lula e Sérgio não estaremos mais juntos e vivos.

    Viva restará minha esperança sempre e angelicamente propondo.

    Vamos caminhar vovô!

  2. Viva a democracia, mesmo que tenhamos, em razão da sua existência, que ler comentários como esse do Miltinho.
    Parabéns pelo seu artigo, Sérgio.

  3. A maior parte do povão, a maioria amorfa em nome do qual tudo isso é feito, mas que raramente se beneficia do grosso do Estado, não estará nem do lado direito, nem do lado esquerda da cerca, de sexta a domingo.
    Ele continuará onde sempre esteve: trabalhando pelo bem-estar de uma minoria e assistindo a tudo bestializado pela TV.
    Impeachment não é golpe, é rasteira no melhor estilo nacional e inzoneiro.

  4. Caro Miltinho, uma provocação: agora entendi porque o PT tem como líder um sujeito do nível intelectual do Sibá Machado. Só pode ser para Dilma se sentir inteligente. Como você deve lembrar, eu havia afirmado que seria necessário explicar três vezes para que ela entendesse o que é Estado de Sítio e Estado de Emergência. Agora os assessores palacianos descobriram que vão ter que explicar muitas vezes também o rito do impeachment. Isso porque ela anda se vangloriando que vai ganhar primeiro na votação da Câmara e em seguida derrotará a oposição também no Senado. Às vésperas da votação, Dilma ainda não entendeu o trâmite do negócio. Não percebeu que basta ganhar a primeira. Deveria perguntar para Sibá, aquela sumidade. Não, deixa. Acho melhor não arriscar.
    PS: Dilma realmente falou isso, segundo as fofocas palacianas

Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.