Frases brilhantes

Catando livro velho para ler, dei com O Melhor do Mau Humor, “antologia de citações venenosas”, do Ruy Castro, de 1989. Achei que, mesmo para quem já leu, valia a pena recordar algumas pérolas. Aí vão.

Adoraria ir, mas não posso jantar com vocês. Esta é a noite de folga das crianças, e eu tenho que ficar em casa com a babá. (Ring Lardner)

Comecei uma dieta, cortei a bebida e comida pesadas e, em catorze dias, perdi duas semanas. (Joe E. Lewis)

(Respondendo à exclamação da chapeleira, “Meu Deus, que diamantes lindos!”) Deus não teve nada a ver com isso, queridinha. (Mae West)

Se eu filmasse Cinderela, a platéia pensaria que havia um cadáver na carruagem. (Hitchcock)

João Gilberto: O único estrangeiro nos Estados Unidos que preferiu aprender inglês com Tarzan. (Telmo Martino).

O melhor amigo do homem é o uísque. O uísque é o cachorro engarrafado. (Vinicius)

Sempre trago comigo uma garrafa, no caso de ver uma cobra – que também sempre trago comigo. (W.C.Fields)

Quando são três horas da tarde em Nova York, é pontualmente 1938 em Londres. (Beth Midler)

Dizem que escrever é um processo torturante para Sarney. Sem dúvida, mas quem grita de dor é a língua portuguesa. (Paulo Francis)

É bom não esquecer que o inventor do alfabeto foi um analfabeto. (Millôr)

***

   Bicão – Influenciado pelo livro, perpetrei uma frase, durante vôo entre Porto Velho e São Paulo, às 4h25: Quem inventou o avião foi realmente Santos Dumont. Só um brasileiro seria capaz de burlar a própria lei da gravidade.

O repórter fotográfico Edu Garcia, também a bordo, fez a sua, inspirado na comissária de bordo: Uma mulher só é bonita quando continua, às quatro da manhã, uma mulher bonita.

Abril de 2015

Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.