Resoluções de Ano Novo

Resoluções de Ano Novo.

Algumas poucas – pouquíssimas – serão cumpridas, sairão do papel, deixarão de ser intenção para ser gesto.

Com alguma perspicácia, ainda que pequetita, dá para saber quais são as que sairão do papel e quais não.

Beber menos.

Ler mais.

Caminhar mais.

Ouvir mais música.

Fazer todos os exames pedidos pelos médicos

Ver Marina pelo menos três vezes por semana.

A cada dia, agradecer aos deuses por tanta sorte que me deram.

Escrever sobre os filmes importantes, não perder tempo com bobagens.

Obedecer ao princípio básico: se o filme for ruim, pare de ver logo!

Não vacilar um milímetro, não fumar sequer unzinho.

Não juntar coisas, papéis, jornais, revistas. Desentulhar a casa.

Arrumar os arquivos antigos, jogar fora coisas.

Botar fora livros e DVDs que não vou reler/rever nunca mais em tempo algum.

Começar a reciclar o lixo.

Destravar a bola de ferro do pé e viajar.

Ficar menos tempo no Facebook.

***

Tá legal. Eu poderia ter postado isso no dia 31 de dezembro de 2013, 2012, 2011, 2010, 2009, 2008, 1963…

Se estiver vivo em 31 de dezembro de 2015, posto de novo.

Como diz o Cazuza, por que que a gente é assim?

Como dizem Chico e Caetano, a gente não tem cura.

Como diz Leonard Cohen, there ain’t no cure for love.

31 de dezembro de 2014       

Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.