A Espécie Humana. Capítulo 24

tenho dormido mal nestes últimos diaso sono é irregular e eis que de repente eu percebo que estou acordado já há muito tempomergulhado num silêncio negrohá um momento dentro da noite em que até mesmo os grilos se calam.  ouço, ora o pai, ora o filho, a se remexerem na camauma vez ou outra um dos cães sai, eles abrem a porta da cozinha e ela volta e se fecha com um rangido imune a lubrificações 

então eu desço para preparar um copo de leite quenteao subir, antes de apagar a vela, vislumbro rapidamente o meu pequeno presépio, aquele mesmo que está debaixo do espelho, numa pequena estanteestremeço

o morceguinho desceu e, colado à parede, mas de cabeça para baixo, prostrou-se, também ele em adoração 

digo a todos que me visitam, que meu presépio é pelo nascimento do Homempor isso eu o trago armado durante o ano todoé um bebezinho nu, menino, deitado sobre palhasé um pai e uma mãe vestidos com roupas medievaisé um boizinho, um burrinho, um cachorro e um galo, estes três últimos do bolo de aniversário feito pro menino, contendo a casinha e os heróis de os músicos de Bremennão sei onde foi parar o gatoe eis três reis magos, reis, sim, com vestes teatrais e presentes nas mãose três carneiros e um fauno pastorfigurinhas de barroe agora, juntou-se a todos, este morceguinho negroa vida verdadeira prestando homenagem à vida figurada 

calma, morceguinho, não se inquietesei bem que, aqui, só você é sagrado 

não resisto todavia ao desejo de tocá-loe repito o gesto de meu pai, deslizo levemente o dedo sobre seu dorso de maciíssima seda veludoele se contrai de leve, sempre, e abre a boquinha a cada toque 

há ainda um resto de noite para ser dormidode olhos fechados, quase mais lá do que cá, me pergunto quando ela surgirá novamente no meu sonho, aquela Morte tão linda, panos delicados sobre um vazio que é o volume de um ser humano e aquela coroa que, quando chega, chega para todo o sempreacho que já devo estar dormindo 

A Espécie Humana, romance de Jorge Teles, está sendo publicado em capítulos.

Leia o capítulo anterior.

Leia a partir do capítulo O.

Continua na semana que vem.

2 Comentários para “A Espécie Humana. Capítulo 24”

Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.