“Essas eleições estão me deixando desesperada”

Recebi uma bela mensagem de Leonor Simioni, uma jovem gaúcha que está fazendo doutorado na Universidade de Maryland. Pedi a ela autorização para publicar aqui.

Eu sempre gostei muito de política. Meus pais, apesar de não terem feito faculdade, sempre foram muito bem informados e eu acabei indo pelo mesmo caminho. Acho que por não terem feito faculdade eles nunca se deixaram contaminar por esse discurso esquerdista-totalitário que tanto me irrita.

Parece que pessoas com o meu perfil (menos de 30 anos, aluno de universidade pública que permanece na vida acadêmica, da área de humanas) não podem não ser petistas. É considerado quase uma afronta à lógica, é uma falha de caráter. Eu acho isso tudo uma grande babaquice, pra dizer o mínimo.

Pra mim, pelo menos 70% desses “esquerdinhas” nunca nem leram Marx, não fazem idéia de quem foi Stálin e não sabem a diferença entre direita e esquerda, muito menos que essa divisão já não faz mais sentido no mundo de hoje.

E além de tudo são mal-educados. É só ver lá no Twitter os absurdos que dizem. Não sabem discutir idéias nem propostas, quando desafiados preferem te xingar. 

Essas eleições estão me deixando desesperada. Não acho que a Dilma e sua gangue vão chegar ao ponto de dar um golpe de estado, mas com maioria no Senado podem fazer o que bem entenderem. 

E acima de tudo me impressiona a idolatria. O Lula virou um santo: pode falar e fazer o que quiser e ninguém reprova. Se reprovar, é taxado de inimigo do povo, inimigo dos pobres e corre o risco de ter despejada sobre si a ira divina.

Isso é coisa de Hitler, de Mussolini!

Cadê o senso crítico desse povo? Me pergunto se só eu lembro que ele ia pra televisão no horário eleitoral queimar notas de 1 real, falar em bolsa-esmola e que de nada adiantava aumentar o poder aquisitivo do povo sem dar educação. E o que ele faz agora? Essa política assistencialista torpe que sustenta famílias sem contrapartida, sem prazo de duração, e sem a educação necessária pra que as pessoas enxerguem com seus próprios olhos.

É lógico que eles mentem: ninguém desmente! Ou melhor, a gente aqui tenta desmentir, mas só atingimos nossos pares. O povão tá crente que Lula é um enviado do deus-pai todo poderoso pra salvar a humanidade de todos os males. 

E a Dilma, coitada, é uma criatura completamente desarticulada. Vejo depoimentos dos amigos dela dos tempos de “luta” dizendo que ela era inteligente, articulada, intelectual, mas eu vejo essa figura na televisão e me parece que não estamos falando da mesma pessoa. Mas o povo vota nela porque é a indicada do Lula. Me parece que se o PT colocasse um bode a candidato, teria chances de ganhar também.

Não acho que o FHC tenha sido um presidente perfeito, mas considero que fez muito bom governo dentro das possibilidades, deu um rumo pro país, é um verdadeiro estadista.

O Lula nasceu pra viver em palanque. A Dilma, nem pra isso, coitada. E lá no Rio Grande me fazem o favor de eleger aquele Tarso Genro, que de um lado acoberta Cesare Battisti passando por cima da lei italiana, e de outro põe meia Polícia Federal mata adentro pra capturar e extraditar os boxeadores cubanos que queriam asilo político. Você sabe que quando o Olívio Dutra foi governador do Rio Grande hastearam a bandeira de Cuba no palácio do governo no dia da posse? Me diga se isso tem cabimento!

Tenho tentado bancar a formadora de opinião via Twitter (apesar de ser esculhambada diariamente) e há duas semanas comecei um projeto com um colega de profissão e de idéias. Não somos jornalistas nem somos pretensiosos, mas chegamos à conclusão de que tá na hora de recontar certas histórias do Brasil pra refrescar a memória do povo. Se tu um dia estiver sem nada pra fazer e quiser visitar o nosso blog, o endereço é http://oquenaotecontaram.blogspot.com O que escrevemos e vamos escrever lá é fruto de muita pesquisa e um pitaquinho de opinião.

Tou te seguindo no twitter. Sou tua super fã e ando recomendando o “50 Anos” pra todo mundo!

Um forte abraço pra ti,

Leonor   

Outubro de 2010

Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.