Conto de Fodas!

Era uma vez (só pra esclarecer, esse era uma vez aconteceu nestes últimos dias) um rei, digamos, um tanto ou quanto excêntrico, pra não dizer mandão, machista, ditador, e mais alguns outros apelidos pouco recomendados para o horário, lá da longínqua Tailândia, fez uma cerimônia para oficializar sua amante como consorte real.

Isso mesmo! Tornou oficial seu relacionamento com Sineenat de sobrenome impronunciável, com transmissão ao vivo pela televisão, e com isso foi parar nas manchetes dos jornais do mundo todo. Em plena lua-de-mel com sua quarta esposa – o casamento ocorreu em maio deste ano -, o rei Vagiralongkorn resolveu levar para casa essa bela enfermeira de 34 anos para se juntar à festa. Sua esposa Suthida Tidjai assistiu à cerimônia sentada ao seu lado, elegantemente vestida, e provavelmente já pensando em mostrar à moça onde ficam as vassouras e os panos de chão.

Desde que era príncipe esse rei já dava o que falar em seu país, mas tudo, porém, na base do cochicho, porque a monarquia tailandesa é protegida por uma lei de lesa-majestade. O que quer dizer isso? Significa que se alguém se atrever a pronunciar um ai contra qualquer membro da família, incluindo os animais de estimação, é punido com multa pesada ou com até 35 anos de prisão.

(Não é por nada, não, e também não querendo comparar a repressão – graças a Deus isso não acontece por aqui -, no domingo passado um torcedor foi preso durante o clássico Palmeiras x Corinthians porque, segundo os policiais, gritava palavras ofensivas contra o nosso presidente. Foi levado até uma delegacia, prestou depoimento e foi solto em seguida. Felizmente para ele, deve ter sido só um mal entendido; afinal ainda temos liberdade de expressão no nosso país. Não temos?)

Mas, apesar da censura de lá, em 2009 o mundo pôde ver um vídeo vazado pela Wikileaks em que o pequeno príncipe comemorava o aniversário do Marechal Chefe da Air Fufu. Até aí nada demais, a não ser pelo fato de ser esse o nome do seu cãozinho poodle. A fofoca ganhou proporções ainda maiores porque no vídeo sua terceira esposa, a princesa Sashimi – ou coisa assim – aparece vestida (vestida?) só de tanga, e de gosto duvidoso, inspirada em um modelito de lingerie que viu no Instagram de uma primeira-dama do outro lado do mundo.

Por essas e mais outras, o povo tailandês tem hoje muitas dúvidas se esse tal rei tem capacidade para liderar o país.

Essas coisas acontecem!

Esta crônica foi originalmente publicada em O Boletim, em 9/8/2019.

Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.