Cria cuervos

Em março de 2008, no Complexo do Alemão, no Rio, o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva criava o título de mãe do PAC para a sua ministra da Casa Civil Dilma Rousseff. “É ela que cuida, cobra, vê o andamento das coisas.” Continue lendo “Cria cuervos”

De rabo preso

Corrupção não é exclusividade deste governo e muito menos do Brasil. Existe desde sempre em qualquer parte do mundo. Rouba-se menos na Dinamarca ou na Finlândia, mas rouba-se. Continue lendo “De rabo preso”

Más notícias do país de Dilma (12)

Ainda bem que a imprensa existe – para desgosto de Lula, do lulo-petismo, dos “blogueiros progressistas” que mamam nas tetas do governo, e para o bem do País. E ainda bem que este é um governo fraco. Este é um governo que, diante de um grito, volta atrás. É um governo-inseto: diante de uma chinelada, recua. Continue lendo “Más notícias do país de Dilma (12)”

Mexer para não mexer

O desinteresse absoluto da maior parte dos congressistas em mudar qualquer coisa que não seja em proveito próprio parece indicar que, mais uma vez, a reforma política acabará sendo apenas um amontoado de mexidinhas, ora com um, ora outro tempero, para fazer um refogado insosso. E nem de longe servirá para corrigir as mazelas do atual sistema político.  Continue lendo “Mexer para não mexer”

Ah, que meninos travessos

Aloprado, para o Houaiss, é amalucado, adoidado, desatinado. Aloprado, para Lula, é o companheiro de partido que faz umas travessuras, algumas molecagens inconseqüentes, com o objetivo final de favorecer o partido a quem o destino encarregou de representar o bem na eterna luta contra o mal. Continue lendo “Ah, que meninos travessos”

Os segredos de Sarney e Collor

Então está tudo certo. Não passou de mais um mal entendido da série de incompreensões que insiste em perturbar os primeiros meses do governo Dilma Rousseff. A presidente, que antes não queria, depois queria, e agora não quer de novo, enterrou de vez essa história de sigilo eterno para documentos ultra-secretos. Continue lendo “Os segredos de Sarney e Collor”

Más notícias do país de Dilma (11)

O governo tenta explicar que a MP que altera as regras de licitações não são – ao contrário de todas as evidências – “um descalabro”, uma “licença para roubar”. O governo age em zigue-zague sobre o sigilo eterno dos documentos oficiais, o que denota “qualquer coisa entre o amadorismo e a insegurança política”. Continue lendo “Más notícias do país de Dilma (11)”

Segredos e pecados

Sigilo. Essa é a palavra da semana, do mês. Na verdade, uma das prediletas dos governos Lula e Dilma, e dos petistas. Eles mesmos, aqueles que outrora, antes das alegrias e agruras do poder, defendiam transparência e – pasmem – decência na coisa pública. Continue lendo “Segredos e pecados”

Palavras históricas de grandes estadistas

Dá um imenso orgulho ser brasileiro. São memoráveis as palavras pronunciadas hoje em Brasília, naquilo que foi provavelmente o primeiro troca-troca de ministros da História do País, o até então especialista em Articulação Política assumindo a Pesca e a antes especialista em Pesca indo para a Articulação Política. Continue lendo “Palavras históricas de grandes estadistas”