Arquivos do Rótulo: Política

Candidatura sitiada

O ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin saiu das eleições municipais em 2016 com enorme cacife eleitoral, tendo à frente uma larga avenida para construir sua pretensão presidencial. Está confinado, agora, em um círculo de giz, não ultrapassando a casa de 8% nas pesquisas, como revelou o Datafolha. Pior: está estagnado nesse patamar há meses e vê concorrentes avançarem em redutos nos quais o PSDB sempre foi bem votado. Ler Mais »

Mania conspiratória

Ler Mais »

Perguntas que gostaria de ver respondidas

1) A TV Justiça ajuda ou prejudica o Brasil? É verdade que com a transmissão das sessões plenárias ficamos conhecendo como pensam e como votam os juízes da Suprema Corte. Mas de que nos vale esse conhecimento? A meu ver, não nos ajuda em nada. Pior, a câmara de TV despertou o talento artístico de quase todos os ministros. Há alguns que só falam para a platéia. Hollywood não sabe o que está perdendo… Ler Mais »

Lula conduz o PT ao matadouro

A sorte do Partido dos Trabalhadores sempre esteve atrelada a Lula. Estabeleceu-se entre os dois uma relação de dependência, em que, erigido a semideus, o caudilho pensava e decidia por todos. Se no passado a lulo-dependência deu bons frutos, agora pode levar o PT ao isolamento político e eleitoral se for para valer a decisão de sua executiva de Lula ser o candidato “em qualquer circunstância”. Ler Mais »

O último grande circo

Afronta à Justiça, vandalismo e violência. Ilegalidade demais e militância de menos. Ler Mais »

O país tomou um susto com a coerência

Na madrugada da quarta-feira, 4/4, postei um texto garantindo que o Supremo Tribunal Federal concederia o habeas corpus a Lula. Errei redondamente. Ler Mais »

O STF lobo, os brasileiros cordeirinhos

O Supremo Tribunal Federal deverá fazer hoje com boa parte do povo brasileiro o que o lobo fez com o cordeiro, na belíssima fábula de Esopo. Vai passar por cima de todos os argumentos, de toda a lógica, de todo o sentimento geral da nação expresso nos últimos dias em artigos nos jornais e revistas e também, magnificamente, nas ruas de dezenas cidades. Ler Mais »

Nas mãos deles, de novo

Mais uma vez – e não têm sido poucas – o destino imediato e futuro do país estará nas mãos do Supremo Tribunal Federal, ao qual tem cabido distribuir, recolher e validar as cartas no Brasil de hoje. Não raro sacando coringas escondidos nas mangas, e nem sempre preservando a Constituição que deveria proteger. Ler Mais »

O golpe do ativista da causa negra

Davi Zambetti é militante do que se chama “causas negras”.

Chegou ao balcão do Burger King de Vila Nova Conceição – onde já trabalhara – fez seu pedido e deu o nome de identificação de “Macaco”. Ler Mais »

O paciente

Julgar se algo pode ser julgado para depois julgar o adiamento do julgamento, e acabar por julgar em favor do réu sem julgar o mérito daquilo que julgaram que deveria ser julgado. Definitivamente não dá mais para esconder: a Suprema Corte perdeu o juízo. Ler Mais »

STF, tradutor esquizofrênico da Constituição

A esquizofrenia é um transtorno psiquiátrico complexo caracterizado por uma alteração cerebral que dificulta o correto julgamento sobre a realidade, a produção de pensamentos simbólicos e abstratos e a elaboração de respostas emocionais complexas. Ler Mais »

Ganhando tempo

O coelhinho da Páscoa é muito amigo do paciente Lula. Não sei em que moita ele escondeu os ovinhos de chocolate do ex-presidente, se foi num cantinho do terraço do apartamento em São Bernardo, ou se foi nos jardins do sítio em Atibaia. Mas que os ovinhos foram entregues, foram. Ou há outra explicação para esse auriverde habeas corpus preventivo? Ler Mais »

Impedir a prisão até a quarta instância é crime

É uma excrescência, um absurdo, impedir que seja presa uma pessoa que já foi condenada em duas instâncias.

Só no Brasil uma pessoa condenada em duas instâncias pode continuar apelando em liberdade para a terceira e a quarta instâncias. Ler Mais »

Ou reagimos ou esses tiros arrebentarão com o Estado brasileiro

A dor das famílias e dos amigos de Marielle e Andersosn é, sabemos, todos, brutal. Perder um ente querido é dor violenta. Não há palavras que consolem, nem pensamentos que ajudem a suportar a morte de pais, filhos, parentes, amigos. Não resta dúvida que a dor das famílias é o aspecto mais doloroso dessa tragédia que abriu as veias do Rio. Ler Mais »

Convém levar Bolsonaro a sério

Nem mesmo o mais arguto dos analistas imaginava um ano atrás que Jair Messias Bolsonaro chegaria em março na condição de pole position nas pesquisas, na hipótese provável de a foto de Lula não estar na urna eletrônica. O senso comum era a decantação natural do candidato da extrema direita, assim que Lula ficasse inelegível pela lei da Ficha Limpa. Ler Mais »