Arquivos do Rótulo: Política

Juventude estraçalhada

Com 726.712 detentos, o Brasil é o terceiro país com mais presos no planeta. Em números absolutos só perde para os Estados Unidos, cuja população bate em 323 milhões, e para China e seus 1,6 bilhão de habitantes. Ler Mais »

Vou contar uma história

Vocês conhecem instituições mais fortes no Brasil de hoje do que as célebres Redes Sociais e o terrível Politicamente Correto? Sem esquecer, naturalmente, do poder dos indigitados ‘selfies’… Ler Mais »

Está melhorando (22)

Dezoito meses depois de Dilma Rousseff ser apeada da Presidência, deixando o país afundado na mais grave recessão da História, o Produto Interno Bruto (PIB) cresce, a indústria demonstra alta disseminada por diversos setores, o desemprego diminui mais um pouco. Ler Mais »

Pedras no caminho

“Mongezinho, Mongezinho, tens um duro caminho”. As palavras que Martinho Lutero ouviu de um frei amigo quando da sua peregrinação para Worms caem como uma luva para o duro caminhar do governador Geraldo Alckmin para se tornar protagonista da sucessão presidencial. Ler Mais »

Falta combinar com os russos

Sorte é parte da vida. Alguns tentam alcançá-la pela fé, muitos nunca chegam perto dela, uns a experimentam e outros a têm com fartura. Na política, o governador Geraldo Alckmin faz parte desse último time. Quase sempre está no lugar certo na hora certa. Ler Mais »

Mea culpa, mea culpa, mea maxima culpa…

Não há como negar a vergonha que se abateu sobre os eleitores fluminenses, em especial os cariocas. É só verificar a lista dos presos recentes e ver os nomes que lá estão. Nós, cidadãos comuns, estamos aborrecidos e envergonhados. Ler Mais »

A sereia e o mar

Desfeito o mistério da odisséia de Luciano Huck. Desde quinta-feira passada, quando o barômetro político Estadão-Ipsos apontou o apresentador com 60% de aprovação, o mundo político entrou em ebulição. Consolidava-se ali um possível candidato com potencial para romper a polarização Lula-Bolsonaro e liderar a tão sonhada, pelos brasileiros, renovação política. Ler Mais »

De novo: quem quebrou o Brasil foi Dilma Rousseff

O Brasil é um país abençoado por Deus e bonito por natureza, mas que beleza, em que “a cada 15 anos se esquece dos últimos 15 anos”, como diziam Jorge Ben e na segunda parte Ivan Lessa. Ler Mais »

Está melhorando (21)

Nos últimos dias – como, aliás, vem acontecendo há várias semanas -, os jornais trouxeram  ótimas notícias sobre a economia brasileira.

* A inflação medida pelo IPCA-15, o índice que é uma prévia da inflação oficial mensal, segundo o IBGE, subiu 2,58% no acumulado de 11 meses em 2017 – o menor valor dos últimos 19 anos. Quando Dilma Rousseff foi afastada da Presidência da República, a inflação anual passava de 10,5%. Ler Mais »

O povo não é bobo

No palanque, o ex Lula, travestido de alvo das elites, prega que o “povo não tem de pagar imposto de renda sobre salário”. Na outra ponta, o deputado Jair Bolsonaro promete que todos os brasileiros terão armas de fogo. Ler Mais »

Bob Marley e Bob Mugabe, o sonho e o pesadelo

Uma das coisas mais tristes do mundo é quando uma pessoa saudada como herói, guerreiro, libertador, se transforma em ditador.

Outra das coisas mais tristes do mundo é ver pessoas inteligentes, sensíveis, poetas, sonhadores, não perceberem quando o sonho acaba e vira pesadelo. Ler Mais »

O condestável de Temer

Reza o folclore político que, ao passar a faixa presidencial para seu sucessor, Hermes da Fonseca teria dito a Venceslau Brás: “olha, Venceslau, Pinheiro Machado é tão bom amigo que governa pela gente”. O mesmo pode-se dizer de Rodrigo Maia. Ele está tão próximo de Michel Temer que governa pelo presidente. Nomeou o novo ministro das Cidades, definiu como será a repartição do butim da pasta entre o “Centrão ampliado” e vai fazer o presidente do BNDES. Ai do ministro que não cair em sua graça. É tombo certo. Ler Mais »

Está melhorando (20)

“A economia se move, o País tem rumo, fixado pela política de ajustes e reformas, a vida melhora e fica para trás o desastre causado pela irresponsabilidade populista.” Ler Mais »

De mal a pior

A um ano das eleições gerais, os protagonistas conhecidos na disputa para o Planalto impressionam. Não por ideias, plataformas ou coisa que o valha. Mas pela falta delas. Pela repetição de vícios e modos. Ler Mais »

Quem sabe essa á a nossa chance?

Em 11 de julho de 2008 assinei aqui neste Blog um artigo sobre o Rio que, entre outras coisas, dizia o seguinte:

“Só não vê quem não quer: ruas sujas, esgoto a céu aberto, um cheiro de urina entranhado até nas esquinas do centro financeiro da cidade, que dirá em bairros afastados. Ler Mais »