Marina dançadeira

O teatro estava absolutamente lotado para a apresentação das 20 crianças entre 4 e 5 anos que fazem dança na escola. Verdade que é um teatro pequeno, o Centro da Terra, na Rua Piracuama, em Perdizes, mas o fato é que a primeira apresentação de Marina num palco de verdade foi diante de casa cheia. Continue lendo “Marina dançadeira”

Marina e a música

Marina começou a ver o show dos Barbatuques absolutamente mesmerizada. É assim mesmo que ela fica diante de um desenho animado ou de show de música de que gosta, seja ao vivo, seja diante da TV: absolutamente mesmerizada. Marina tem uma capacidade de concentração que me impressiona desde sempre, e, quando ela está diante de algo que conhece, é de fato fantástico: ela abre aqueles olhões, fixa o que está vendo e nem sequer pisca. Continue lendo “Marina e a música”

Marina e o Elmo

No final de semana do Dia dos Pais, em um hotel fazenda perto de São Paulo com o pai, a mãe, o avô e a avó, Marina perdeu o Elmo, o mais antigo e mais querido de todos os seus muitos amiguinhos de pelúcia, plástico, pano ou tudo o mais. Continue lendo “Marina e o Elmo”

Marina, o caldeirão e a doçura

2016-11-marina-dia-02-p1190934-720

Marina mexia numa cadernetinha em que a gente vem colando figurinhas e ela tem feito um ou outro desenho. Estava fazendo de conta que anotava na cadernetinha a história que iria contar para a Compridona, a bonequinha magrela e alta que nem ela mesma. E ia falando enquanto anotava: “Faz muito tempo que não te amo. Esse é o título da história”. Continue lendo “Marina, o caldeirão e a doçura”