Arquivos do Rótulo: Da agenda do vô

Marina e a Fortuna

Aos 3 anos e 10 meses, Marina demonstra com absoluta clareza como gosta de ver show de música. Não dança, não canta junto. Presta absoluta atenção, séria; concentra-se totalmente no que está diante dela. Fica mesmerizada. Ler Mais »

Diante da adversidade, uma lady

Acho que posso dizer sem medo de errar que sou uma das pessoas que mais conhecem Marina. Sendo assim, sei muito bem que é uma criaturinha doce demais. Mas ela conseguiu me surpreender bastante nesta quarta-feira de janeiro, de férias, de verãozão. Ler Mais »

Marina, o caldeirão e a doçura

2016-11-marina-dia-02-p1190934-720

Marina mexia numa cadernetinha em que a gente vem colando figurinhas e ela tem feito um ou outro desenho. Estava fazendo de conta que anotava na cadernetinha a história que iria contar para a Compridona, a bonequinha magrela e alta que nem ela mesma. E ia falando enquanto anotava: “Faz muito tempo que não te amo. Esse é o título da história”. Ler Mais »

No shopping com Marina

2016-09-marina-dia-30-img_2834-720

Hoje fui pela absoluta primeira vez a um shopping com Marina, e ela me deixou chocado.

Fomos ela, a mãe dela e eu. Ler Mais »

Três anos e meio esta noite

p1190840-720

Marina hoje me contou um sonho.

Não vou conseguir reproduzir as palavras dela, o jeito com que ela contou, então não vou sequer tentar. Ler Mais »

A fantasia de Marina é a realidade

2016-07 - Marina dia 23 - P1190679 - Corte - 720

Marina brincou aqui longamente, comigo e com a mãe, neste sábado, com os bonequinhos que representam a família dela – tem o papai, a mamãe, a tia Dri, ela mesma, a Cau e o amiguinho Gael.  Ler Mais »

Marina em modo interrogativo

P1190336 - Corte - 720

– “Vovó, por que a Fortuna vive no mundo da lua?”, perguntou Marina, muito séria, algum tempo depois que revimos, a pedido dela, o DVD Tic Tic Tati.

A referência, claro, é a “Lindo Balão Azul”, a pérola que Guilherme Arantes compôs para uma das séries da Rede Globo baseadas em Monteiro Lobato, e que abre e fecha o show de FortunaLer Mais »

Marina em modo tagarela

2016-05 - Marina dia 31 - Foto Mary - 720

Marina estava hoje em modo tagarela. Loquaz, falante, conversador. Não é sempre assim. Como todo mundo, como talvez as mulheres em especial, é um tanto de lua, de veneta. Alterna modos, moods, humores, ânimos, espíritos. Ler Mais »

Marina em modo espectadora

2016-05 - Marina dia 19 - Foto Fê - Corte - 720

Marina hoje estava ainda mais doce do que o normal, se é que isso é possível, e especialmente – como dizer? – espectadora, admiradora da arte que fazem para nós, os filmes, a música, a dança, os shows.  Ler Mais »

Os amigos de Marina

2016-04 - Marina dia 15 - Foto Carlos - 1 - 720

Foi uma absoluta delícia a festa que Marina fez hoje com um grande monte de amiguinhos. Ela curtiu demais, demais, demais, daquele jeito de quando ela está especialmente alegre, com pulinhos, corridinhas, gritinhos, exclamações de puro prazer. Ler Mais »

Marina no meio da febre da falta de vacina

Nesta quinta-feira, dia 31, participamos todos de um episódio estranho, ruim, desagradável, inédito para muita gente, que, sem dúvida alguma, é uma das muitas demonstrações de como a saúde pública está em frangalhos no país. Ler Mais »

Marina, o figurativo e o cinema

zzzzzz 2015-11 - 720

Na semana em que fez 3 anos de idade, Marina deu mostras de que abandona o abstracionismo e começa a se aventurar no figurativo. E demonstrou que já está pronta para a mágica, maravilhosa experiência de ser cinéfila. Ler Mais »

A Joy de Marina é porreta

Aos 47 minutos do segundo tempo, quando eu contava a terceira história de um livro novo com contos dos Irmãos Grimm, de dez páginas para cada conto, e já era muito, muito tarde, tipo 23h, e era para Marina estar no décimo sono, ela me interrompeu:

– “Mas, vovô, essa bruxa era boa?” Ler Mais »

Os dedos de Marina no teclado

2016-01 - Marina dia 25 - Corte

Hoje Marina visitou, pela primeira vez, o lugar em que a mãe trabalha.

Adorou. Ler Mais »

Marina e o mundo todo

– “Quem é aquele vovô?”, Marina perguntou para a mãe quando o carro, na Rua Caiubi, estava para cruzar a Iperoig. Ler Mais »