O termômetro

Fico um tanto irritado com os dias de hoje, em que nada mais é  natural. Até há pouco, havia um termômetro no alpendre. Quando o filete de mercúrio descia, nos começos de madrugada, nos preparávamos para o frio. Continue lendo “O termômetro”

Nem o construtor suporta o Minhocão

O Estadão deste sábado, 18, abriu uma arte em seis colunas na primeira página sobre o Elevado João Goulart, ex-Elevado Costa e Silva, o Minhocão. A reportagem é sobre a tentativa de se produzir um fenômeno que vem sendo tentado ao longo dos anos. Transformar o elevado em uma aprazível passarela de lazer. Continue lendo “Nem o construtor suporta o Minhocão”

O homem com a muleta

Ao colocar o pé no terceiro degrau da escada, saindo da portaria do meu prédio, vi o homem. Estava do outro lado da rua, inerte; parecia ter estado assim havia semanas. No entanto, mal toquei a calçada, fez um gesto. Apanhou uma bengala, largada na mureta da casa em frente, e pôs-se a caminhar. Continue lendo “O homem com a muleta”

Bomba-Relógio!

Quem viveu os 21 anos de ditadura militar aqui no Brasil – e sobreviveu a eles – estava com muito medo de ter de passar por tudo isso de novo com a eleição de Jair Bolsonaro. Continue lendo “Bomba-Relógio!”

Se Rembrandt fosse brasileiro

Sob um céu crepuscular, o menino deitado às margens do Reno vê as pás do moinho refletidas na água. Súbito, é tomado de intensa emoção, pois parece enxergar naquelas pás a cruz de Cristo. As sombras, as cores, cambiam com o avançar dos minutos, e isso agora o atordoa. Continue lendo “Se Rembrandt fosse brasileiro”

Acim não dá!

A cria do astrólogo Olavo de Carvalho, adotada de braços abertos pelo presidente Jair Bolsonaro para ocupar o Ministério da Educação, Abraham Weintraub, já chegou chegando! Continue lendo “Acim não dá!”

Onde ele está com a cabeça?

Concluí recentemente que comprar em feiras-livres é arriscado. Isso de compre um jiló e leve três. E, de quebra, um abacaxi. E se for mercadoria ruim? Em política pode ser ainda pior. Compre um Bolsonaro e leve quatro. E ganhe um Olavo de Carvalho. Continue lendo “Onde ele está com a cabeça?”

Curtas!

Semana mais do que Santa nos acontecimentos por aqui.
 Deputados e Senadores, por conta dos privilégios dados a parlamentares, aproveitam a semana que para eles já é santa desde quarta-feira, só voltam a trabalhar semana que vem. (Isso se seus intestinos não ficarem afetados pelo consumo excessivo de ovos de Páscoa). Continue lendo “Curtas!”

Bolsonaro precisa de várias assessorias de imprensa

Bolsonaro tem que entender que só está no comando do navio, não é o dono dele. (Me veio um arrepio, lembrei do Titanic.) E precisa urgentemente melhorar sua comunicação com a Imprensa, o que significa com a população. Não é só falar com a turma pelas redes sociais. Continue lendo “Bolsonaro precisa de várias assessorias de imprensa”

Um choro – e lá se vão R$ 32 milhões

Um certo Chorão causou  prejuízo de R$ 32 bilhões à Petrobrás. Não que fosse sua intenção fazê-lo.  No ano passado, anunciando-se como motorista particular, concorreu a uma vaga na Câmara dos Deputados, por Goiás – mas não levou. Hoje, tem como principal prerrogativa ser um dos líderes dos caminhoneiros. Continue lendo “Um choro – e lá se vão R$ 32 milhões”

Vem aí o Lulllapallocci

Um novo espetáculo para embalar fãs empolgados poderá agitar novamente o Autódromo de Interlagos.  No mesmo espaço do recém terminado Lollapalooza,  surgirá o… Lullapallocci. Isto é, Lulapalocci. Como, se o ex-ministro não poupou o ex-presidente em seus depoimentos à Justiça? Continue lendo “Vem aí o Lulllapallocci”