Ah, Vai Tomar, Vai!

Devemos ser o único país do mundo em que o presidente da República diz publicamente que não vai tomar a vacina contra a Covid-19 e “ponto final”.
Será que não contaram pra ele que essa “invenção” da Ciência funciona e que, graças a ela, nos livramos de doenças graves como a poliomielite e tantas outras? Pois deixe de ser turrão, seu Jair! Vai tomar!

Continue lendo “Ah, Vai Tomar, Vai!”

A guerra de Bolsonaro contra a Coronavac

Poucos países do mundo têm condições de absorver a tecnologia da indústria farmacêutica e ter produção própria da vacina contra a Covid-19. A esmagadora maioria dependerá da importação para imunizar sua população. O Brasil faz parte do seleto grupo que conta com centros de excelência como a Fundação Fiocruz e o Instituto Butantã. O segundo está envolvido no desenvolvimento de uma vacina – a Coronavac – prestes a estar disponível para a aplicação. Continue lendo “A guerra de Bolsonaro contra a Coronavac”

Vacinação já. Impeachment também

“Estupidez assassina”, “irresponsabilidade delinquente”. As duas qualificações se referem ao presidente da República Federativa do Brasil, e estão nas duas primeiras frases de editorial da Folha de S. Paulo, publicado na primeira página da edição deste domingo, 13 de dezembro – por coincidência, o dia do aniversário do Ato Institucional nº 5, o que, em 1968, deu um novo golpe dentro do golpe militar que Jair Bolsonaro não cansa de elogiar. Continue lendo “Vacinação já. Impeachment também”

Qual é a do Bolsonaro? Você sabe?

Não consigo compreender qual é a intenção do Bolsonaro. O que ele diz ao seu público chega a ser difícil de compreender. Não é que ele fale com a linguagem empolada e arcaica do Ernesto Araújo. Não, ele fala como um sujeito que nem sequer cursou o ginasial. O difícil está no miolo de suas palavras, que são absolutamente amalucadas. Continue lendo “Qual é a do Bolsonaro? Você sabe?”

O PT pró-Bolsonaro

Depois de incinerar os valores éticos que dizia encarnar, azeitar parcerias com o diabo, dilacerar o Estado e dinamitar a própria esquerda que se arvorou em liderar, o Partido dos Trabalhadores ensaia mais uma crueldade. Fiel da balança na eleição para presidente da Câmara dos Deputados, o PT pode coroar a primeira vitória política do presidente Jair Bolsonaro no Parlamento. Continue lendo “O PT pró-Bolsonaro”

Festa no Cafofo!

Com o país brilhando no combate à pandemia (afinal, o que são 180 mil brasileiros mortos?), estourando a boca do balão no quesito desemprego (afinal, o que são 14 milhões de desempregados?), nadando de braçada com o alto poder aquisitivo do povo (afinal, quem deixou de consumir óleo de soja a 9 reais o litro ou a farinha a 6 reais o quilo, ou a carne, ou o feijão, ou o arroz, ou a batata, ou…?), só resta comemorar. Continue lendo “Festa no Cafofo!”

Corrupto, o vírus

Besteirol

Bomba! Um cientista desconhecido descobriu a causa do mal que assola e assolou a Humanidade em todos os tempos. Isolou o vírus corrupto, assim batizado por ele. Sim, descobriu que o que provoca a ambição no ser humano de se apropriar de somas de dinheiro, por todos os meios, é um vírus como o da gripe. Continue lendo “Corrupto, o vírus”

A volta dos tucanos

O PSDB está de alma lavada com a vitória de Bruno Covas em São Paulo, depois de ter sido derrotado nas urnas em 2018, quando teve apenas 4,7% dos votos no pleito presidencial. Agora volta a se posicionar no tabuleiro, iniciando um movimento de deixar para trás os dias em que se confundiu com o antipetismo raivoso e mergulhou nas águas da antipolítica. Nascido como um partido de centro-esquerda, guinou perigosamente para a direita a partir de 2014 a ponto de, quatro anos depois, deixar se confundir com o bolsonarismo. Continue lendo “A volta dos tucanos”

Rachadinha não é crimezinho

A primeira obrigação é dar nome aos bois: rachadinha é um apelido simpático para desvio de dinheiro público, peculato no juridiquês. Em geral, a apropriação indébita de proventos de funcionários – fantasmas ou não – também está intimamente ligada à lavagem de dinheiro, esquema que o delinquente forçosamente cria para encobrir a origem da bufunfa garfada. Não raro, associa-se à organização criminosa devido à necessidade de estruturar e comandar redes azeitadas de coleta e de ocultação do delito. Continue lendo “Rachadinha não é crimezinho”

Vacina Pra Quê?

Andando na contramão da ciência e do bom senso, nosso presidente Jair Bolsonaro insiste em jogar um balde de água fria em qualquer intenção de se comprar uma vacina contra a Covid-19. Continue lendo “Vacina Pra Quê?”

Janelas indiscretas

Pior que uma janela indiscreta são duas janelas indiscretas. No novo sobrado em que moro, em um condomínio, meu quarto tem duas janelas que se encontram. Nessa esquina, uma delas abre para o sobrado em obras de um vizinho; a outra, para um fundo de casa. Então saio do banho mal enxugado e entro no quarto como vim ao mundo. Continue lendo “Janelas indiscretas”

A carta-rolha do PT

Maior perdedor ao lado de Jair Bolsonaro, o Partido dos Trabalhadores sai do segundo turno das eleições municipais em meio a um transtorno semelhante ao do antigo PCB, quando veio à luz o famoso Relatório Khrushchov sobre os crimes de Stálin. À época, comunistas não se entendiam e cada cabeça era uma sentença. A crise de identidade foi de tal ordem que, em reunião da direção do Partidão, Carlos Marighella caiu em choro compulsivo, sem conseguir articular coisa com coisa.

Continue lendo “A carta-rolha do PT”

Os Bolsonaros

È uma família estranha essa que ocupa o Planalto Central. Tiveram a sorte de receber o governo do Brasil, ocuparam todos os espaços disponíveis, mas abriram mão do dever de governar o país. Não sei se é por preguiça – governar um país deve ser uma trabalheira de louco –  ou se é apenas porque ao pegar o leme perceberam que este é um gigante adormecido que lhes é mais útil quietinho em seu canto. Continue lendo “Os Bolsonaros”