Arquivos da Categoria: Sérgio Vaz

O país vai ter saudade do governo Temer

A economia do país que Michel Temer vai entregar para o próximo presidente está – sem sombra de dúvida – muito, mas muitíssimo melhor do que a que ele recebeu em maio de 2016, após 12 anos, 4 meses e alguns dias de governos lulo-petistas. Ler Mais »

Crônica da eleição do horror (14)

Dia nº 16 – Terça-feira,  23 de outubro

“Varrer os bandidos do mapa;” “Varrer da face da terra.”

Há muito mais proximidade entre Jair Bolsonaro e Fernando Haddad do que sonha o vão fanatismo das duas seitas. Não é apenas que o capitão tenha, ao longo de seus 30 anos no baixo clero da Câmara, votado sempre junto com o PT pela manutenção dos privilégios de castas de servidores, contra as medidas de responsabilidade fiscal e de defesa de enxugamento da máquina estatal.    Ler Mais »

Crônica da eleição do horror (13)

Dia nº 15 – Segunda-feira,  22 de outubro

Uma palavra do Bozo, e caímos na ditadura?

A questão maior, básica, fundamental hoje é: Jair Bolsonaro eleito significa que o Brasil vai virar uma ditadura?

Não quero simplificar as coisas. Há um grande número de questões, sem dúvida alguma. Bolsonaro eleito, aumentarão os casos de agressões a minorias? A violência aumentará? Haverá aumento de número de assassinatos cometidos por policiais, incentivados pela discurseira bolsonarista? Ler Mais »

Crônica da eleição do horror (12)

Dia nº 13 – Sábado,  20 de outubro

O PT cabe no Vão do Masp

A foto acima é chocante, profundamente chocante. E é histórica – uma daquelas fotos que conseguem captar o momento exato de um fato acachapante, definitivo – o tiro em um arquiduque, a tomada do Palácio de Inverno, a bandeira que se ergue em Iwo Jima, o Muro de Berlim que começa a ser derrubado fisicamente, materialmente.   Ler Mais »

Crônicas da eleição do horror (11)

Dia nº 12 – Sexta-feira, 19 de outubro

Patéticos bolsonaristas, patéticos lulo-petistas

É tão pateticamente estapafúrdio o PT dizer que a candidatura de Jair Bolsonaro deve ser impugnada por causa dessa história de guerra de WhatsApp quanto os bolsonaristas tentarem desmerecer completamente a reportagem da Folha de S. Paulo que a revelou pelo fato de a autora do teto ter declarado que é de esquerda e que sempre votou no PT. Ler Mais »

Crônica da eleição do horror (10)

Dia nº 10 – Quarta-feira, 17 de outubro

Elogiar Bolsonaro pega muito mal

Jair Bolsonaro está melhorando as coisas no Chile.

Calma, calma! Isto aqui não é um elogio a Bolsonaro, não, de jeito nenhum. Ler Mais »

Crônica da eleição do horror (9)

Dia nº 9 – Terça-feira, 16 de outubro

O país está fugindo da questão principal sobre Bolsonaro

Não, o país não vai virar uma ditadura com a eventual (e a esta altura muitíssimo provável) eleição de Jair Bolsonaro.

Essa obviedade – de que duvidam apenas os inocentes, os mal intencionados e os mal informados – é o ponto de partida de um artigo fascinante de Carlos Andreazza publicado no Globo desta terça-feira, 16/10. Ler Mais »

Crônica da eleição do horror (8)

Dia nº 8 – Segunda-feira, 15 de outubro

Bolsonaro reage muito mal à violência. Mas mal demais

Tida e havida pelo lulo-petismo como revista da direita mais direita que possa haver, maior símbolo, para os seguidores da seita do prisioneiro de Curitiba, da imprensa golpista burguesa sem vergonha, etc, etc, etc, ao lado da Rede Globo, foi a Veja, no entanto, que trouxe, na edição desta semana, um dos mais firmes, abrangentes e lúcidos ataques a Jair Bolsonaro.   Ler Mais »

Crônica da eleição do horror (7)

Dia 7 – Domingo, 14 de outubro

Que tal asfaltar logo a Amazônia?

E o general Oswaldo Ferreira, hein? Para ele, árvore boa é árvore derrubada. E ele é o homem que deverá ser ministro dos Transportes no governo Bolsonaro, caso o capitão seja mesmo eleito no segundo turno, conforme indicam as pesquisas. Ler Mais »

Crônica da eleição do horror (6)

Dia 6 – Sábado, 13 de outubro

  Distantes da realidade

Duas faces da mesma moeda. O lulo-petismo e o bolsonarismo são iguais na adoração das ditaduras – o primeiro pelas de Cuba, Venezuela, Coréia do Norte, e dos regimes totalitários, quase abertamente ditatoriais de Nicarágua, Bolívia, o segundo pela do Brasil de 1964-1985. Ler Mais »

Crônica da eleição do horror (5)

Dia 5 – Sexta-feira, 12 de outubro

         “Com o PT a democracia sempre esteve em risco”

Sejamos claros e diretos: o PT se passar por bastião da democracia é uma desfaçatez sem tamanho, uma agressão à verdade dos fatos e à inteligência dos brasileiros.

Jair Bolsonaro é tudo o que de pior pode haver. É inteiramente despreparado, jamais exerceu qualquer cargo executivo – o político que mais se parecia com ele, em eleições passadas, Fernando Collor de Mello, ao menos já havia sido governador de Alagoas. É ignorante, tosco, grosseiro, racista, homofóbico, machista, misógino – e não cansa de elogiar a ditadura e os que na ditadura torturavam opositores. Ler Mais »

Crônica da eleição do horror (4)

Dia 4 – Quinta-feira, 11 de outubro

O PT saiu do vermelho

Esperança não há mesmo. O próximo presidente da República será um populista incompetente, de corrente política autoritária, antidemocrática – seja quem for, Jair Bolsonaro ou Fernando Haddad. Ler Mais »

Crônica da eleição do horror (3)

Dia 3 – Quarta-feira, 10 de outubro

Sai a camiseta, entra o terno

 Poderia ser engraçado o imenso esforço que a campanha de Fernando Haddad está fazendo para se distanciar das marcas do PT e de seu guru, seu babalorixá, seu Messias. Ler Mais »

Crônica da eleição do horror (2)

Dia 2 – Terça-feira, 9 de outubro

 Os candidatos e a Constituição

A manchete de O Globo parece ter sério problema. “Bolsonaro e Haddad prometem respeitar a Constituição de 1988”, diz o jornal. Ler Mais »

Crônica da eleição do horror

Dia 1 – Segunda-feira, 8 de outubro

O Poste corre para a prisão!

O que o PT e Haddad deveriam fazer no segundo turno, segundo boa análise do Ascânio Seleme no Globo:

“O PT pode até vencer no dia 28, mas terá de ser menos PT. Precisará fazer um extraordinário mea culpa e assinar um compromisso de gestão compartilhada em favor do Brasil e dos brasileiros.”

Ler Mais »