A cabeça do bolsonarista

Quando disse, cheio de convicção, que a Globo é comunista, classifiquei o tipo como uma curiosidade. Estou falando do treinador da academia de ginástica do meu prédio, onde, a contragosto, lido com pesos e ando na esteira.

Por estes dias com um desconforto adicional. As alucinações que um bolsonarista underground, tal é o sujeito, lança nos meus ouvidos. Não lê jornal (nunca leu), nem assiste ao noticiário na TV, porque são todos comprometidos. Fia-se em postagens e blogs que lhe convém, é um grande engolidor de fake news.

“Bolsonaro ganha no primeiro turno”, me disse na manhã de segunda. Contou o seguinte. Um fulano que tem um blog perguntou “em quem você vai votar” e recebeu quase mil respostas, a maioria com o nome do candidato. “Quase mil pessoas, não tem erro.”

Datafolha e Ibope, com aquela bobageira de método científico, não contam, sem se falar que tem gente por trás pagando.

A facada em Bolsonaro foi um complô da esquerda, diz e prova. “Antes da facada já tinha um apartamento preparado no Sírio Libanês para receber o Bolsonaro, mas a família foi contra.” Como é?? “Tem médico comunista no hospital.”

Médico comunista no Sírio Libanês.

Os jornais explicam por que a família preferiu o Albert Einstein ao Sírio – depois da facada – mas ele não ficou sabendo.

Imprudente, resolvi cobrar: Bolsonaro elogiou o coronel Brilhante Ustra, execrado como torturador, ao votar pelo impeachment da Dilma. Ouvi como resposta algo assim: o coronel foi morto por guerrilheiros comunistas na Bolívia, então, com seu sacrifício, ficou uma coisa pela outra.

Como se sabe, Brilhante Ustra morreu em um hospital de Brasília, em outubro de 2015.

Nada do que está dito acima se compara com o que tentou me impingir semana passada. As torres gêmeas de Nova York não caíram pelo impacto dos aviões jogados por terroristas da Al Quaeda. Nosso amigo viu em algum lugar que o impacto dos aviões não seria suficiente. “Teve coisa preparada antes, dentro dos prédios. Até mostraram imagens.”

Desisto da ginástica ou uso tampão nos ouvidos?

Setembro de 2018

2 Comentários

  1. Mary Zaidan
    Postado em 21/09/2018 às 3:18 pm | Permalink

    Caríssimo,

    seu texto, sempre delicioso, reflete bem o que pode virar este país a partir de 1º de janeiro. Enquanto torce para isso não ocorra, continue fazendo seus exercícios, preferencialmente com fones de ouvidos e boa música.

  2. Postado em 22/09/2018 às 7:13 pm | Permalink

    Me desculpem queridos amigos Valdir Sanchez e Sérgio Vaz, mas essa estupidez tão bem descrita pela crônica de VS já existia latente bem antes de aparecer Bolsonaro….é coisa de um Brasil mal formado por uma educação de merda que nos foi imposta por uma ideologia de merda…espero mesmo que vocês dois tenham o tirocínio e enxerguem que muitas vezes precisamos saltar no escuro pra ver se encontramos alguma luz…eu mesmo já decidi: meu voto será o voto inseticida pra matar todas ratazanas que infestam o caminho do Brasil que eu pretendo deixar para meus filhos e netos…beijos

Postar um Comentário

O seu email nunca é publicado ou compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com um *

*
*