Arquivos Mensais: janeiro 2018

Sangue nos olhos

A sarna revolucionária pequeno-burguesa, a que se referia o líder comunista Luís Carlos Prestes, está de volta. Após a condenação do ex-presidente Lula, o PT ensaia uma estratégia de ruptura institucional. Quer o nome do caudilho na urna eletrônica na lei ou na marra. A opção pela via extra institucional visa ainda a emparedar o Judiciário para Lula não ser preso. Ler Mais »

Lula estará nas eleições

Mesmo que por unanimidade, uma pena proferida em segunda instância permite diversos movimentos dos defensores de réus que podem empenhar fortunas para tal. Portanto, a banca de Luiz Inácio Lula da Silva, composta por oito advogados, vai correr atrás e até poderá colher algum sucesso em cortes superiores. Mas nada, nem o melhor causídico do planeta, conseguirá inverter os fatos que enlodaram em definitivo a biografia do ex-presidente. Ler Mais »

Irresponsible news

O jornalista Ancelmo Gois afirmou nesta sexta-feira na sua coluna em O Globo que “a participação do presidente Michel Temer em Davos, na Suíça, passou quase despercebida”. Ler Mais »

Queda que os eleitores têm para os tolos

Acabo de ver a lista, que já vai longa, dos prováveis candidatos à Presidência da República do Brasil. Fiquei assustada. Passamos por tudo que passamos nestes últimos 15 anos e continua tudo na mesma? Não aprendemos nada? Caramba! Assim não é possível… Ler Mais »

Pobre, pobre, pobre Temer!

Pobre, pobre, pobre Michel Miguel Elias Temer Lulia! Tadinho dele, meu Deus do céu e também da terra. As ninfas, as fadas, as musas, as deusas não o agraciaram com a sorte. Ler Mais »

Nem costas largas, nem quentes

Mais do que reafirmar por unanimidade a sentença do juiz Sérgio Moro e ampliar para 12 anos e um mês a pena imposta ao ex-presidente Lula, os desembargadores da 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região protagonizaram um necessário desagravo à Justiça. Ler Mais »

Indiana Jones contra Gleisi Narizinho

Está sendo um dia cheio, este 24 de janeiro – mas não dá para deixar passar a delícia que foi a resposta do Grupo Globo à nota oficial do PT assinada por Gleisi Hoffmann, a presidente do PT que faz o ex Rui Falcão ficar parecendo um filósofo grego, um poço de sabedoria.  Ler Mais »

Anunciaram e garantiram que o mundo ia se acabar

O fim do mundo é anunciado desde a era pré-diluviana. Em 1938 Carmem Miranda imortalizou o samba de Assis Valente “O mundo não se acabou”, uma sátira a quem acreditou nessa conversa mole, beijou na boca de quem não devia, pegou na mão de quem não conhecia. Ler Mais »

Como pode um pai aguentar esse linchamento da filha?

Fiquei pensando hoje – o pensamento me surgiu na cabeça de repente, um tanto à toa, e foi ficando, ficando: como é possível que um pai possa permitir uma exposição da filha a tanta crítica dura, a tamanho linchamento, por tanto tempo? Ler Mais »

Quem dá o que tem no bolso…

Ela tira os óculos, que não por acaso lhe ficam bem, solta o cabelo apanhado, vira-se em valsa lenta, boca semiaberta, num sorriso que a ponta da língua interrompe tocando no canto direito do lábio superior. Distraído a abrir uma garrafa de “pretty good rye”, Bogart, que já estava a fazer conversa com ela há dez minutos, levanta a cabeça e, como se acabasse de ver nascer Vénus, solta o mais vivaldiano “hello” da história do cinema. Ler Mais »

O dia seguinte

Ânimos exaltados de um lado e de outro, desvarios verbais, ansiedade alucinada pró e anti Lula. Se a próxima quarta-feira, data em que o TRF4 vai decidir a apelação do ex contra a sentença do juiz Sérgio Moro, promete emoções para todos os gostos – confusão, lágrimas e regozijo -, o dia seguinte já está traçado. Ler Mais »

Lula, o leitor

Ler Os Sertões não é para qualquer um, já sabemos. Saber que Lula se dedicou à leitura dessa obra até entusiasma, não é não? Como é natural, ele, neófito em literatura, sobretudo na leitura de livros de alta erudição como o livro do grande Euclides da Cunha, ficou meio atrapalhado. Ler Mais »

Os (des)caminhos do centro

Dando como favas contadas que Lula não estará na urna eletrônica, o campo democrático, situado entre os dois extremos que lideram as pesquisas, inicia a disputa presidencial atomizado em várias pré-candidaturas. O coro que não vê problema em muitas candidaturas foi engrossado por Rodrigo Maia, mais um a entrar na dança presidencial, e Geraldo Alckmin, até então árduo defensor de uma candidatura aglutinadora. Ler Mais »

De novo: a economia melhorou. E muito

Míriam Leitão afirma que a inflação baixa de 2017 – 2,95%, o menor índice desde 1998, abaixo do piso da meta, que é de 3% – “foi um momento breve de conforto para o governo na segunda semana do ano”. Ler Mais »

Bamboleiem-se

Não acreditem em mim, mas afianço-vos que o email foi inventado em 1913. Tinha a forma de memorando interno e a Universal Pictures fazia com eles um verdadeiro fogo de barragem entre os escritórios de Nova Iorque e Los Angeles. Ler Mais »