Arquivos Mensais: dezembro 2015

O ódio na política e a política do ódio

A divisão do Brasil de alto abaixo, as idéias raivosas que poluem as redes sociais e lamentáveis episódios de truculência e intransigência fazem relembrar, nesta virada de ano, um dos grandes filmes de Bernardo Bertolucci: 1900. Não é o caso de analisar sua genial narrativa, um pouco maniqueísta, é verdade, da luta de classes no século passado e da ascensão de duas ideologias totalitárias tão marcantes do século XX; o fascismo e o comunismo. Ler Mais »

Nunca houve governo tão corrupto

No dia 18 de dezembro, depois que o Congresso Nacional já havia entrado no recesso de fim de ano, faltando apenas uma semana para o Natal, a presidente Dilma Rousseff assinou uma medida provisória – de número 703 – que altera a Lei Anticorrupção de 2013.  Ler Mais »

Pistola à cinta

zzmanuel

Can­tora de bole­ros, mexi­cana e pre­da­dora por opção, Cha­vela Var­gas tem uma vida dese­nhada para filme. E o cinema fez-lhe jus­tiça: nos fil­mes de Almo­dó­var, que tão bem lhe pilha a música, e no docu­men­tá­rio que lhe pro­du­ziu o meu amigo Alvaro Lon­go­ria. Não são fil­mes, são ramos de flores. Ler Mais »

Feliz 2017

Recessão de 3,6%, inflação de dois dígitos, bicando os 11%, mais de nove milhões sem emprego. Desastres naturais, outros nem tanto. Saúde em pandarecos, Educação ao Deus dará. Corrupção, bandalheira, escândalos em série. Caos na política, incompetência, desgoverno. Ler Mais »

Como será nosso amanhã?

O Rio, apesar das calças de veludo, está com a bunda de fora. Para a Copa, fizemos Arenas que são belas e inúteis estruturas, pois nem mais futebol temos. Agora sofremos com a praga do Ano Olímpico. Ler Mais »

Um raio em céu sereno

“No lo permitiremos”.

Não permitiremos o que, cara pálida? Ler Mais »

O Rei está de bem com a vida

Nesta antevéspera de Natal em que quase todo mundo passou o dia falando de Chico, quero falar um pouquinho de Roberto. Ler Mais »

Babel

É lei de guerra: para ser vitorioso qualquer exército precisa de uma retaguarda unida e coesa. Uma lei que também vale para o mundo da política. Mas, no caso da presidente Dilma Rousseff, a guerra está perdida. Ler Mais »

Então, Feliz Natal

2015-12 - Marina dia 14- Chez Abuelita - CorteA vida vem em ondas como o mar, como disse Vinicius, e Lulu Santos copiou – ou citou, vá lá. E em dezembro as multidões nas calçadas das grandes vias das cidades parecem marés de Natal, como disse Paul Simon, e eu a cada mês de dezembro me lembro. Ler Mais »

Nunca houve governo tão incompetente (28, parte 2)

Uma das melhores piadas de Groucho Marx, o mais genial dos irmãos que fizeram rir multidões no mundo inteiro nos anos 30 e 40 e até hoje, é aquela em que ele diz que jamais toparia pertencer a um clube que o admitisse como sócio. Ler Mais »

Como as velhinhas no casarão de Bouboulina

Fui hoje à 2001 da Paulista. Estava, claro, cheia como não ficava fazia muito tempo. Todo mundo comprando antes que acabe. Ler Mais »

Saudades da Guerra Fria

zzmanuel

Se a semana pas­sada falei do Faces, de Cas­sa­ve­tes, do par de esta­los que ele man­dou um actor dar à pro­ta­go­nista para que ela cho­rasse, foi para hoje falar de Spi­el­berg. Nem sei se consta da bio­gra­fia, mas Spi­el­berg estava lá. Ler Mais »

Nunca houve governo tão incompetente (28)

O ano de 2015 termina com o país afundado em uma crise econômica absolutamente sem precedentes, como resultado da insanidade do desgoverno Dilma Rousseff. Ler Mais »

Lobo mau

Quando cumpria seu primeiro mandato na Assembleia de Alagoas, o jovem Renan Calheiros surrava sem compaixão o prefeito de Maceió, Fernando Collor de Mello, a quem se referia como “príncipe herdeiro da corrupção”. Ler Mais »

Não se pode elogiar

Essa expressão era muito comum antigamente. Não sei se ainda tem a mesma força. O que sei é que há pouco tempo, em 27 de novembro, publiquei no Blog do Noblat um artigo intitulado ‘A Força da Toga’, no qual eu exaltava a força da toga que eleva o espírito dos ministros do STF. Ler Mais »