O ódio na política e a política do ódio

A divisão do Brasil de alto abaixo, as idéias raivosas que poluem as redes sociais e lamentáveis episódios de truculência e intransigência fazem relembrar, nesta virada de ano, um dos grandes filmes de Bernardo Bertolucci: 1900. Não é o caso de analisar sua genial narrativa, um pouco maniqueísta, é verdade, da luta de classes no século passado e da ascensão de duas ideologias totalitárias tão marcantes do século XX; o fascismo e o comunismo. Continue lendo “O ódio na política e a política do ódio”

Pistola à cinta

zzmanuel

Can­tora de bole­ros, mexi­cana e pre­da­dora por opção, Cha­vela Var­gas tem uma vida dese­nhada para filme. E o cinema fez-lhe jus­tiça: nos fil­mes de Almo­dó­var, que tão bem lhe pilha a música, e no docu­men­tá­rio que lhe pro­du­ziu o meu amigo Alvaro Lon­go­ria. Não são fil­mes, são ramos de flores. Continue lendo “Pistola à cinta”

Feliz 2017

Recessão de 3,6%, inflação de dois dígitos, bicando os 11%, mais de nove milhões sem emprego. Desastres naturais, outros nem tanto. Saúde em pandarecos, Educação ao Deus dará. Corrupção, bandalheira, escândalos em série. Caos na política, incompetência, desgoverno. Continue lendo “Feliz 2017”

Babel

É lei de guerra: para ser vitorioso qualquer exército precisa de uma retaguarda unida e coesa. Uma lei que também vale para o mundo da política. Mas, no caso da presidente Dilma Rousseff, a guerra está perdida. Continue lendo “Babel”

Então, Feliz Natal

2015-12 - Marina dia 14- Chez Abuelita - CorteA vida vem em ondas como o mar, como disse Vinicius, e Lulu Santos copiou – ou citou, vá lá. E em dezembro as multidões nas calçadas das grandes vias das cidades parecem marés de Natal, como disse Paul Simon, e eu a cada mês de dezembro me lembro. Continue lendo “Então, Feliz Natal”

Lobo mau

Quando cumpria seu primeiro mandato na Assembleia de Alagoas, o jovem Renan Calheiros surrava sem compaixão o prefeito de Maceió, Fernando Collor de Mello, a quem se referia como “príncipe herdeiro da corrupção”. Continue lendo “Lobo mau”