Arquivos Mensais: maio 2013

História de um médico cubano

O dr. Gilberto Velazco nasceu em 1980 em Havana e recebeu seu diploma de médico em 15 de julho de 2005. Ler Mais »

Más notícias do país de Dilma (101)

Um dos muitíssimos problemas de Dilma Rousseff é que ela acha que entende de economia. Ler Mais »

O prazer de viajar…

Finalmente um jornal resolve falar de uma das coisas mais irritantes que pode haver para quem utiliza muito a ponte aérea RJ/SP/RJ: o célebre reposicionamento da aeronave. Não é o meu caso, graças a Deus. Raramente tenho ido à minha terra. Ler Mais »

Os mais próximos do dr. Ruy

O pior dia nos 47 anos de trabalho de Maria de Lourdes a surpreendeu na quinta-feira passada. O que pior que a morte do patrão que tanto venerava, o doutor Ruy, enterrado “ontem”, poderia ainda lhe acontecer?   Ler Mais »

Georges Moustaki, volume 2

Por Moustaki vesti pela primeira vez na vida um smoking, eu, que tenho ódio de terno, e me enfiei num avião para uma viagem a Paris, eu, que detesto viajar. Ler Mais »

Dilma navega trôpega

A CPI da Petrobrás, requerida com assinaturas de 120 deputados da base aliada, 52 do PMDB, partido que ocupa a vice-presidência da República, não deve prosperar. Será barrada pelo presidente da Câmara Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), assim como o presidente do Senado Renan Calheiros (PMDB-AL) impediu que a MP dos Portos caducasse. Ler Mais »

Boa letra

Daqui a pouco ninguém mais terá a caligrafia de nossas mães. Aquelas letras claras e bem elaboradas contornando nossa admiração de filhos. Como desenhar as palavras como elas?, esse era o desafio. Na escola bem que tentávamos, diante do carinho e da paciência das professoras do primário. Ler Mais »

Casou-se alguém quando Salazar morreu?

Uma mulher pode fazer tudo: pen­sar, falar, can­tar, calar-se até de vez em quando. Foi o que me ensi­nou Sacha Gui­try. Um povo não. Um povo cala-se, mesmo por um ins­tante, e há um ruído qua­drú­pede a esca­var as ruas, uma explo­siva bran­cura a furar os tímpanos. Ler Mais »

Georges Moustaki

zzmoustaki1

Georges Moustaki não era, nunca foi um grande astro, de imensa popularidade. Não tinha a gigantesca fama de Jacques Brel ou Gilbert Bécaud. Mas tinha – e creio que terá sempre – uma legião de admiradores apaixonados. Era um gigante, um monstro da canção francesa, da música do mundo. Ler Mais »

Meus discos: Odetta Sings Dylan

zzzzzzzodettasingsPoucos compositores foram tão exaustivamente regravados quanto Bob Dylan, ou tiveram discos inteiros dedicados apenas a suas composições. Creio que nem os Gershwin, Cole Porter ou Irving Berlin, os maiores autores da Grande Música Americana, tiveram tantos discos só com suas obras. Ler Mais »

Dúvidas seculares

O novo século, a nova década, criaram em mim algumas ansiedades.

Elvis, por fim morreu? Ler Mais »

Jornalista Ruy Mesquita

Ruy Mesquita morreu e li de tudo sobre ele. No mafuá das redes sociais, onde nascem as mil flores, brotaram daqui e dali pequenas e mesquinhas unhas-de-gato que mostram bem quanto estamos longe do grau de civilização em que gostaríamos de viver. Ler Mais »

Cem semanas de Más notícias do país de Dilma

Cheguei hoje à compilação número 100 de notícias e análises que comprovam a incompetência do lulo-petismo como um todo e do governo Dilma Rousseff em especial sem qualquer tipo de alegria, ou de orgulho ou sequer de consciência tranquila por ter feito um bom trabalho, dado algum tipo de contribuição. Ler Mais »

Más notícias do país de Dilma (100)

Este é um governo que ruma para o passado, para o atraso. Como no tempo dos generais, bota milhões de dinheiro público para ajudar grandes empresas a se tornarem “campeões nacionais”. Como os generais, sonha com o Brasil Grande. Transforma a Caixa Econômica em sócia de frigorífico. Ler Mais »

Faça-se a luz!

Às vezes eu me surpreendo pensando em como Galileu, Isaac Newton, Edmond Halley, esses ‘mártires’ da inteligência acima da média, completaram suas obras sem luz elétrica… Ler Mais »