Receita para tirar 10 na redação do Enem

Então o tema da redação do Enem é “O movimento imigratório para o Brasil no Século XXI”. Joãozinho, garoto esperto, safo, saberia como tirar 10.

Eis a redação dele:

“Graças aos estupendos governos dos presidentes Lula e Dilma, o Brasil, no alvorecer do novo século, tornou-se um país de economia estável, inflação controlada e crescimento econômico vigoroso.

Depois de 500 anos de maus governos, que só atendiam aos interesses das elites de olhos azuis e dos países desenvolvidos e suas empresas que espoliavam os trabalhadores brasileiros, os governos dos companheiros Lula e Dilma empreenderam uma autêntica revolução como nunca antes neste país. Domaram a inflação, que no governo anterior, do neoliberal vassalo do capital internacional Fernando Henrique Cardoso chegou a impressionantes 854% ao mês, promoveram uma ampla, geral e irrestrita distribuição de renda, mediante programas sociais que exigiam como contrapartida rígida que os filhos das famílias atendidas comprovassem comparecimento às escolas.

A crise do sistema capitalista nos países ricos, já prevista por Karl Marx, intensificou-se em especial a partir de 2008. Os governos de Estados Unidos, dos países europeus e Japão cederam às exigências da cartilha neoliberal do Fundo Monetário Internacional, e adotaram duros programas de cortes de auxílio aos trabalhadores e às famílias menos favorecidas. O resultado imediato foi um brutal aumento do desemprego nessas nações.

Assim, muito embora já possuísse mão de obra altamente capacitada em todas as áreas, graças à revolução educacional empreendida pelos valorosos presidentes Lula e Dilma, sobretudo sob a batuta do vitorioso companheiro Fernando Haddad, o Brasil passou a atrair centenas, milhares mesmo de trabalhadores, técnicos, professores, cientistas dos países que até há pouco eram os mais desenvolvidos do mundo.

Prossegue-se, assim, o círculo virtuoso da economia brasileira, agora impulsionada também pela chegada desse novo contingente de profissionais qualificados.

O Brasil caminha para ser muito em breve a segunda maior economia do mundo, somente suplantada pela da República Popular da China, país que tem sobre nós a vantagem de ter dispensado instrumentos da democracia burguesa, como a Justiça e a imprensa golpista, que só atrapalham o trabalho da equipe econômica hoje a cargo do brilhante companheiro Guido Mantega.

Viva o Brasil!”

Assinado, Joãozinho.

4 de outubro de 2012

5 Comentários

  1. NOSSO MEDO Miltinho
    Postado em 04/11/2012 às 5:03 pm | Permalink

    Toda vez que se quer dar ênfase a ingenuidade ou estupidez do brasileiro, dá-se ao personagem o nome de Joãozinho. Conscientemente dei a meu filho este nome. Hoje ele dá mostras de não ser tão estúpido e muito menos ingênuo que o pai.
    O Joãozinho acima mostrou-se pouco ingênuo e para tirar 10 em redação se fêz de estúpido para agradar aos censores de plantão.
    Num país onde a imprensa oposionista é tratada como reacionária e execrada nos veículos chamados “chapas brancas” o melhor é não discordar.
    Precisamos dar novos nomes ao Brasil. basta de Joãozinhos, Zezinhos, Tiãozinhos,Joaquins, Antonios precisamos de mais Fernandos, Michael,Ricardos, Celsos, Marcos, Thiagos, Robert, Paul, precisamos ser globalizados e abandonar de vez estas raízes de nomes coloniais e escravocratas.
    O Joãozinho acima mostrou muito de conhecimento histórico mas faltou com a verdade, ou melhor, ironizou-a merce nota 7(sete).

  2. Sérgio Vaz
    Postado em 04/11/2012 às 9:22 pm | Permalink

    Apenas um observação, amigo Miltinho: o Joãozinho das piadas não é ingênuo nem estúpido – muito ao contrário. É esperto, é safo, é inteligente. Em geral o Joãozinho dá um baile nos seus professores. No mais, além de inteligente, o Joãozinho em geral é malandro (no bom sentido do termo, o sentido carioca), safadinho, taradinho – todas elas boas qualidades.
    Quanto ao João específico, o seu filho, é exatamente como o Joãozinho das piadas. Inteligente, safo, boa gente. Dê um abraço nele por mim!
    Sérgio

  3. NOSSO MEDO Miltinho
    Postado em 04/11/2012 às 9:47 pm | Permalink

    Existem dois joãozinhos, o malandrinho gozador e o oportunista, cínico e bajulador.
    Tebho certeza que meu João não tiraria dez na redação do Enem, para meu orgulho.
    Transmitido seu abraço. Parabéns pela Bêlinha, com a minha inveja.

  4. Valdir Sanches
    Postado em 04/11/2012 às 11:34 pm | Permalink

    Servaz, você está enganado, quem escreveu esse texto não foi o Joãozinho, foi o Ruy Falcão.

  5. NOSSO MEDO Miltinho
    Postado em 05/11/2012 às 1:27 am | Permalink

    Valdir o Joãozinho colou do Ruy Falcão.

Postar um Comentário

O seu email nunca é publicado ou compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com um *

*
*