O que afinal o senhor Rui Falcão pensa dos brasileiros?

Fiquei injuriada com o vídeo do presidente do PT. Sei que foi para uso interno, mas como ele conclama a sociedade organizada, partidos políticos, centrais sindicais, movimentos populares, a se mobilizarem para neutralizar a operação destinada a abafar a CPI do Demóstenes, creio que ele pretendia o que conseguiu: que sua peroração fosse ouvida fora do âmbito do PT. E aí ele nos dá o direito de responder. É o que faço agora.

O que é mesmo que ele pensa de nós, brasileiros? Que somos inteiramente imbecis? CPI do Demóstenes? Não devia ser CPI do Brasil Corrupto e Corrompido?

Se Demóstenes Torres foi corrompido, alguém o corrompeu. Se foi o Cachoeira, alguém abriu a primeira picada na mata onde o Cachoeira conseguiu de um filete d’água um riacho que virou um rio caudaloso que deu na baita cachoeira que inunda boa parte do Brasil.

No mesmo fôlego Rui Falcão chamou o crime do mensalão de farsa. Ora, se ele está convicto que foi uma farsa, devia ser o primeiro a gritar na porta do STF: Julgamento Já! E devia ter começado a gritar em 2005, pois quanto mais rápido seus companheiros e aliados fossem julgados, mais rapidamente se livrariam da pecha que paira sobre seus nomes e sobre a honradez do PT.

Essa, aliás, parecia a opinião do então presidente da República quando o escândalo do mensalão estourou na Imprensa.

Tudo bem que ele, industriado, já tinha o mensalão como “caixa 2”. Porém na entrevista que deu a uma jornalista escolhida a dedo (não por ser moça bonita, por fazer as perguntas adequadas) no dia 17 de julho de 2005, nos jardins do Hôtel de Marigny, palácio onde o governo francês recebe seus hóspedes ilustres, Lula se mostra indignado com a agressão à ética que era marca do PT… e promete que o PT vai agir.

(Veja o vídeo da entrevista industriada de Lula.)

Viram? Lula garantiu que o PT ia atrás de quem errou. Isso há sete anos! Mas ninguém obedeceu ao chefe. Que vergonha, PT!

Além de desconsiderarem a ordem de Lula, agora o atual presidente do partido filho do Lula acha que está havendo “pressão” para que se julgue o crime do mensalão no “clima eleitoral que o país vive”, “num curto espaço de tempo”!!!. Pressão? Curto espaço de tempo?

Ora, seu Falcão, há sete anos esperamos esse julgamento. Devia ter havido, isso sim, uma grande pressão de todos os partidos políticos, do Congresso, do Governo Federal, da Imprensa e da sociedade, para que o julgamento já tivesse sido feito.

O que não podia é estar o Brasil nesse estado de letargia, esperando e aceitando as justificativas pelo atraso, esperando e compreendendo o incompreensível, esperando e desculpando o indesculpável: uma Justiça que não julga.

Este artigo foi originalmente publicado no Blog do Noblat, em 13/4/2012.

 

4 Comentários

  1. Rafael
    Postado em 13/04/2012 às 11:17 pm | Permalink

    Que somos inteiramente imbecis. Certamente. Não há outra explicação possível.
    O pior é que há muitos inteiramente imbecis.

    Abraço

  2. LUIZ CARLOS
    Postado em 16/04/2012 às 2:44 am | Permalink

    Talvez ele não pense isso de todos os Brasileiros. Mas parece não ter dúvidas quanto à capacidade cognitiva da militância do partido.

  3. maria helena rubinat
    Postado em 16/04/2012 às 8:01 am | Permalink

    Ser re-publicada no seu blog é uma honra. Aqui só tem coisa de primeira. Obrigada e um beijo,
    Maria Helena

  4. Sérgio Vaz
    Postado em 16/04/2012 às 3:27 pm | Permalink

    Maria Helena, a honra é minha!
    Agradeço por seu texto, por me autorizar a publicá-lo, e por sua gentileza.
    Um abraço!
    Sérgio

Postar um Comentário

O seu email nunca é publicado ou compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com um *

*
*