Arquivos Mensais: novembro 2012

Balcões de pequenos e grandes negócios

O escândalo do Mensalão, que está terminando de ser julgado pelo Supremo, se reveste até de uma certa solenidade se for comparado aos relatos da Operação Porto Seguro, cujos detalhes vão sendo revelados aos poucos pela Polícia Federal. Ler Mais »

Más notícias do país de Dilma (77)

Rose Noronha é a cara do PT.

Antigamente, até 2002, acreditava-se que o PT era formado por idealistas que queriam mudar tudo isso que estava aí. Mas em 2003 o partido aboletou-se no poder – e tomou de assalto o Estado brasileiro com a voracidade de uma nuvem de gafanhotos. Ler Mais »

garças e abutres chegados da terra do urubu-rei. capítulo 4

4. Ainda os habitantes

Eu estava sentado no chão, no meio de pequeno grupo, devia ser meu primeiro ou segundo dia, alguém chamou:
Bojão!
Bojão chegou e começou a me olhar. O apelido era muito esquisito. Comecei a rir. Ler Mais »

O bicheiro bota banca

Carlinhos Cachoeira, o bicheiro, foi solto. Horas antes veio a público o relatório da CPI que leva o seu nome, comprovando, com todos os efes e erres, que a Comissão só fora inventada por Lula para que ele e o PT pudessem se vingar de alguns dos delatores do mensalão. Ler Mais »

Mulher

Drauzio Varela escreveu um texto em que fala de pesquisas de universidades que buscam comprovar que, quando em uma cultura não há submissão das mulheres, a possibilidade de guerras e violência diminui muito. São estudos que varrem a história das humanidade. Eu, sem ser senhor de nenhuma delas, vivo cercado de mulheres. Ler Mais »

A impotência de Deus


Todo o cien­tista é um cine­asta frus­trado. Sobre­tudo os físi­cos do CERN que andam agora a fazer a repé­rage de Deus. O cinema tam­bém não se cansa de O pro­cu­rar. Ler Mais »

Uma CPI sem passado e sem futuro

Odair Cunha nasceu em Piedade, MG, Sul de Minas, formou-se em Direito em Varginha, tem 36 anos e foi eleito deputado federal pelo PT com mais de 160 mil votos. Ler Mais »

Meus discos: See What Tomorrow Brings

O primeiro disco que comprei na vida foi See What Tomorrow Brings, de Peter, Paul and Mary.

O LP, o sexto do grupo, é de 1965, e comprei em junho de 1966.

Ler Mais »

Más notícias do país de Dilma (76)

É o governo do gogó. Fala, fala, fala. Fazer, não faz, não. Mas fala. Talvez por ter passado tanto tempo em palanque, o lulo-petismo, em vez de governar, continua no palanque. Como se ainda estivesse na oposição. Ler Mais »

garças e abutres chegados da terra do urubu-rei. capítulo 3

3. Os habitantes

Falei em garças e garras e bicos. Garças voam, é verdade. Mas garras e bicos é exagero literário. Não me lembro agora de um fato que me doa, que me assuste, que me apavore. Alguma coisa devia ser terrível, na ocasião, mas hoje não faz a mínima diferença. Ler Mais »

A visita do mal

“Mas quando chegamos lá – eu não

quis ir em frente. E entrar na casa. Fiquei

com medo, e não sei por que, pois

nunca me ocorreu –, bem, uma coisa

 assim nunca tinha ocorrido a ninguém”.

(A Sangue Frio, Truman Capote) Ler Mais »

Toffoli e a bailarina

Com 44 anos, completados no dia 15 de novembro, José Antonio Dias Toffoli, o mais jovem ministro da Suprema Corte, sabe bem que para chegar ao topo é preciso dançar como toca a música. Ler Mais »

Fim de semana em Diamantina

Chovia, na estrada e na cidade. Voltar à terra em que passei parte importante da infância é sempre bom para mim. Ainda mais que a maioria das casas, das ruas e o cenário pouco mudaram, passados tantos anos. Ler Mais »

Hitler sabia dançar

Posso ima­gi­nar um refle­xivo Pas­sos Coe­lho a pas­sear numa doce ala­meda do seu jar­dim bene­di­tino. E tal­vez Cavaco tenha um momento de paz entre os can­tei­ros do jar­dim de buxo de Belém. O poder é soli­tá­rio, ia jurar. Ler Mais »

Canções de amor demais: Kate e Eric

Eric escreveu uma bela canção para Kate. Kate escreveu uma bela canção para Eric. Eric fez uma bela gravação de uma das mais maravilhosas canções de Kate. Não exatamente nessa ordem. Ler Mais »