Arquivos Mensais: maio 2012

Más notícias do país de Dilma (54)

Claro: tem horas que dá vontade de simplesmente jogar a toalha. Não adianta nada, nada adianta nada. Os caras vieram para ficar para todo o sempre. São muito mais espertos que nós. Já tomaram de assalto todo o Estado, a União: privatizaram para eles as instituições todas. Ocuparam todos os espaços possíveis. Ler Mais »

Um soco no estômago: “Precisamos Falar sobre o Kevin”

Lionel Shriver escreveu um thriller psicológico em que questiona o mito da maternidade, a ambivalência de uma mulher entre o casamento e a carreira e a formação de um psicopata. De forma ao mesmo tempo perturbadora e dilacerante. Ler Mais »

O ensurdecedor silêncio de Lula

O silêncio de Lula está impressionantemente, absurdamente ensurdecedor. Ler Mais »

Lula, Bastos e um coração bobo

O silêncio anunciado do principal protagonista, os deploráveis joguetes de governistas e da oposição. Tudo enfadonho. Até agora, o único acontecimento digno de nota na CPI mista que deveria investigar as ilicitudes públicas e privadas de Carlos Cachoeira foi Márcio Thomás Bastos, ex-ministro da Justiça de Lula, sentado, atento e aplicado, ao lado de seu cliente contraventor durante mais de duas horas de interrogatório inócuo. Ler Mais »

Eu não sou Carolina Dickmann

Eu não sou Carolina Dickmann, mas também fui vítima de vilania na internet. Não pensem vocês que tirei fotos íntimas, quem sabe pelado como nasci, as guardei no computador e algum bandido as roubou e contrabandeou para o mundo digital. Ler Mais »

A sede de Ingrid Bergman

Nunca espe­rou que, de madura, a fruta lhe caísse no colo. Era já actriz na Sué­cia quando um pro­du­tor len­dá­rio, David O. Selz­nick, a trouxe para Hollywood. Ler Mais »

Muito obrigado, Maria Helena!

As coisas acontecem depressa demais. No início da tarde de sábado, 26 de maio, a Veja começou a circular com a informação de que Lula foi ao encontro do ministro Gilmar Mendes para dizer que “é inconveniente julgar esse processo agora” – o processo do mensalão, claro. Ler Mais »

Considerações a respeito de um encontro com hora marcada

Lula ainda está se recuperando do tratamento contra o câncer, que lhe abateu muito. Mal anda sozinho. Mal fala sem sentir dor na laringe. Está enfraquecido, é visível. Ler Mais »

Cachoeira e as coisas da vida

Como disse o renomado filósofo contemporâneo Wagner Love, quem nunca capotou com o carro?

Tomando-se como ponto de partida essa profunda e dilacerante reflexão existencial, poderíamos replicá-la para outros cenários onde se desenvolve a penosa e enriquecedora experiência humana em busca de uma explicação para o sentido da vida. Ler Mais »

Uma pedra do Fórum Romano

Fui a Roma, pela primeira vez, em 1982, dois ou três meses antes da Copa do Mundo, para entrevistar o Falcão, que jogava no Roma. Ler Mais »

Más notícias do país de Dilma (53)

Nunca antes na história deste país e da humanidade houve um governo tão servil, tão subserviente às montadoras multinacionais. Ler Mais »

“Você é nosso e nós somos teu”

Português abaixo da crítica, conteúdo mais baixo ainda. Assim pode ser definida a mensagem do deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP) ao governador Sérgio Cabral, flagrado pelas câmaras do SBT durante reunião da CPI mista que deveria investigar as estripulias do contraventor Carlos Cachoeira. “A relação com o PMDB vai azedar. Mas não se preocupe. Você é nosso e nós somos teu.” Ler Mais »

Cotidiano brasileiro

A cada dia precisa-se acordar mais cedo para ir em direção ao trabalho. Mora-se mais longe, o transporte público é uma lástima e quem disse que se trabalha oito horas por dia? E o tempo que se gasta da casa para o trabalho e do trabalho para casa não conta? Se não influi no salário, prejudica muito a vida das famílias dos brasileiros. Ler Mais »

Um patriótico desmaio

E se a Pátria des­mai­asse? Pro­po­nho que Por­tu­gal inteiro des­maie. Imagine-se o ensur­de­ce­dor estrondo do tombo de dez milhões de ina­ni­ma­dos portugueses. Ler Mais »

A concorrida Bolsa-Papagaio

Desconfiei no lançamento do best-seller A Privataria Tucana. Em todas as redes sociais a pergunta: Já leu o livro do ano? Não vai dar sua opinião? A editora não tem mãos a medir! Ler Mais »