Arquivos Mensais: outubro 2011

O Brasil dos sem-Copa

Corrupção para todos os lados que se olhe. Regime de Contratação Diferenciado, que colide frontalmente com a lei 8.666, baliza para as licitações públicas, isenção total de impostos para gente da Fifa, fornecedores e cupinchas, e agora, dinheiro do FGTS, da conta do trabalhador, para bancar obras. Ler Mais »

Sonho brasileiro

Quase nove da noite, chuvinha chata – ir pra casa, nem pensar –, converso com o porteiro do prédio em que trabalho.

O sotaque nordestino me conta que seu dono acalenta um sonho antigo, nascido há tempos, antes de vir pro sul. Ler Mais »

A música em minha vida

A memória nos revela, como filme, pedaços esquecidos de nossa vida. Eu me vejo, calças curtas em Diamantina, saindo de um parque de diversões e o som da praça tocando uma canção de Luiz Vieira, “Menino de Braçanã”: “é tarde, eu já vou indo, preciso ir embora, té manhã; mamãe, quando eu saí, disse meu filho não demora em Braçanã”. Ler Mais »

Twitters de quem não tuíta

Amigos, eis algumas idéias que me ocorreram.

Bate-boca em Brasília sobre o horário de verão. Protestam os que agem na calada da noite. Aplaudem os que agem à luz do dia. Ler Mais »

Más notícias do país de Dilma (25)

Em apenas dez meses, seis ministros demitidos, cinco deles por corrupção. Nunca antes do lulo-petismo houve no mundo país como este. Ler Mais »

O Quinto Homem

A prova, onde está a prova? Ler Mais »

Ian McEwan, o Garrincha do texto

Não tem jeito: depois que se lê Solar, é impossível resistir à tentação de dizer que Ian McEwan é o melhor escritor da atualidade. Ler Mais »

Controle externo dos poderes

Bebendo nas águas do desembargador Rogério Medeiros, cito quem ele cita, o jurista italiano Mauro Capelletti: “os juízes exercitam o poder e onde há poder deve haver responsabilidade. Um poder não sujeito a prestar contas representa uma patologia.” Ler Mais »

Battisti, um capricho ideológico

Alguns dos principais mitos usados pelos defensores da concessão do asilo ao terrorista italiano são discutidos e derrubados pelo promotor cearense Walter Filho no livro O Caso Césare Battisti – A Palavra da Corte, cuja segunda edição (a primeira está esgotada) acaba de ser lançada. Ler Mais »

A bermuda folgazã

O relacionamento dos casais na velhice não é coisa fácil. As mulheres implicam muito com os maridos. Vejam meu caso (fatos reais). Ler Mais »

Gol contra

Sem ter sido comunicado previamente sobre o custo ou sobre as regalias concedidas para seduzir os organizadores, o brasileiro começa a descobrir, de susto em susto, cartas escondidas por detrás do orgulho de sediar a Copa 2014. E elas não são de bom agouro. Ler Mais »

De Nova York para Araçuaí

Eu não inventei o amor, nem o Caymmi. Mas eu fico aqui pensando se seria possível viver sem esse sentimento que faz com que tudo seja bonito, que a vida seja essa aventura maravilhosa. Ler Mais »

Obrigado, Leon

O que pode significar uma mostra de cinema? Na minha vida, a Mostra de Cinema de São Paulo significou quase tudo. Ler Mais »

Os profetas de Aleijadinho

A visão é emocionante, estonteante. No topo de uma montanha, diante de bela, imponente edificação, 12 esculturas que falam de um universo de milênios atrás encaram o vale e o mundo à frente delas. Tudo, absolutamente tudo acaba, mas as 12 esculturas são perenes.

Ler Mais »

Os indignados de Wall Street

“Os movimentos de tons anárquicos como o Ocupar Wall Street podem ser valiosos, na medida em que funcionam como faíscas. Mas eles não geram alternativas sérias no modo de vida predominante. A maioria dos americanos quer ser da classe média, e está irritada porque está sendo excluída pela plutocracia. Elas não querem uma alternativa ao consumismo – eles querem ser os consumidores!” Ler Mais »