Obama, o que estudou, mostra o que ser um democrata

Vejo que a Casa Branca emitiu um comunicado, em nome do presidente Barack Obama, sobre Cuba, a ditadura que Lula aplaude como um adolescente tiete deslumbrado. Choca a diferença entre Obama e Lula.

Choca – e desnuda o que Lula é: um embuste, um vigarista, um falsificador, um preguiçoso, um apedeuta, que viveu 30 anos às custas dos outros, sem fazer absolutamente nada a não ser buscar o poder, que não tentou fazer sequer um supletivozinho (ao contrário de seu companheiro Vicentinho), que passou oito anos ensinando aos brasileiros que estudo não serve para nada.

Transcrevo o que foi escrito em nome de Barack Obama:

“Os recentes acontecimentos em Cuba, inclusive a trágica morte de Orlando Zapata Tamayo, a repressão às Damas de Branco e a intensificação da perseguição àqueles que se atrevem a dar voz aos anseios de seus compratriotas, são profundamente inquietantes.

“Tais acontecimentos põem em relevo que, em lugar de abrir espaço a uma nova época, as autoridades cubanas insistem em responder às aspirações do povo de Cuba com o punho cerrado.

“Hoje somo minha voz aos valentes que em Cuba, e em coro cada vez maior em todo o mundo, exigem que se ponha fim à repressão e pedem a imediata e incondicional libertação de todos os presos políticos na ilha e o respeito aos diretos fundamentais dos cubanos.”

“Durante o ano passado, tomei medidas para fazer chegar ao povo cubano sinais do nosso desejo de abrir uma nova era nas relações entre os governos dos Estados Unidos e Cuba. Continuo comprometido a apoiar um anseio fundamental do povo cubano: que possa determinar livremente seu futuro e desfrutar dos direitos e liberdades que definem as Américas, e que devem ser universais, para todos os seres humanos.”

Que abissal diferença entre o caráter de um e a falta de caráter de outro.

Na época em que Obama se firmou como o candidato democrata à sucessão de Bush filho, houve lulistas que tentaram fazer comparações: ah, o primeiro candidato negro à presidência dos Estados Unidos, assim como Lula foi o primeiro operário a ser eleito presidente do Brasil.

Não tem nada a ver um com o outro.

Lula não é operário faz pelo menos 30 anos. Não sabe o é que trabalhar há pelo menos 30 anos. Em sete anos e meio de governo, não sentou a bunda para trabalhar – fez comício.

Obama, muito ao contrário, passou anos alisando bancos de escola. Estudou, trabalhou, deu duro.

Assumiu o governo de um país arrasado por oito anos de desgoverno prometendo mudar – e está mudando. Está fazendo História.

Lula assumiu um país com uma herança bendita, em tempos de contexto mundial absolutamente pródigo, benéfico como nenhum outro presidente brasileiro havia assumido. Ao contrário do que prometeu – porque é mentiroso, é falso, falseia tudo o que fez no passado, sem vergonha alguma -, não mudou absolutamente nada na política econômica. Bom para o País, ruim para os petistas que tinham alguma vergonha na cara – e estes foram para o PSOL, porque nada havia mudado. Ficou com ele a cumpanherada que queria mesmo era um bom empreguinho público – até porque eles não têm a menor capacidade de concorrer a um emprego competitivo na iniciativa privada. Ficaram com ele a cumpanherada incompetente, a cumpanherada que queria ganhar algum sem trabalhar muito e o PMDB de Sarney, Renan, Jader – a escória da escória.  

Não tem nada um a ver com o outro.

Lula tem a ver com Bush. Tudo a ver com Bush. Até na persistência em ser monoglota, em proclamar como grande feito o fato de não ter estudado, em ensinar que não é necessário aprender – o que vem a ser o abeçadário da mais pura idiotice.

24 e 25 de março de 2010

2 Comentários

  1. Lucia Zaidan
    Postado em 28/03/2010 às 5:46 pm | Permalink

    Maravilhoso seu texto.! Sinto minha alma lavada quando leio as verdades sôbre êsse jacu.Compara-lo com Obama, imagina!Cada vez mais me indigno com esse senhor que se julga o maior, o (cara) de pau, isto sim.Vocês que têm o dom da escrita, continuem mostrando sempre, todos os dias se puderem , as falcatruas, as mentiras que esse cara vem tentando nos fazer engolir.

  2. Postado em 29/03/2010 às 1:36 pm | Permalink

    Dona Lúcia, muito obrigado pelo seu comentário. Ele me reanima – e eu andava precisando mesmo de ânimo, porque às vezes fico pensando que estou exagerando, escrevendo demais sobre o desgoverno Lula, neste espaço que criei basicamente para publicar bons textos dos amigos e meus antigos textos sobre música e outros assuntos agradáveis. Mas a senhora tem razão: os absurdos são muitos, são demais, e é preciso espernear contra eles sempre.
    Muito obrigado!

Um Trackback

  1. […] This post was mentioned on Twitter by maristelabairros, Mary Zaidan, Mary Zaidan, Mary Zaidan, Mary Zaidan and others. Mary Zaidan said: @Welbi Veja http://bit.ly/bHoauf Texto do jornalista Sérgio Vaz. […]

Postar um Comentário

O seu email nunca é publicado ou compartilhado. Os campos obrigatórios estão marcados com um *

*
*