Os loucos anos 20 tinham filmes nos olhos

zzmudo1

Meteu-se pelos olhos ocidentais dentro e o olho do mundo nunca mais foi o mesmo. Há uma imagem de “Un Chien Andalou”, que resume exemplarmente tudo: dois dedos abrem bem as pálpebras do olho de uma mulher, uma mão segura uma navalha de barbear. Ler Mais »

Último suspiro e um caixão

zzmanuel1

Só se pode matar quem é mesmo bom. Explico-me recorrendo à única ciência universal: a de que o cinema é que explica a vida. Ler Mais »

Erros em série

Depois de seu governo colecionar mais trapalhadas, desta vez nas idas e vindas sobre a necessária reforma no ensino médio, o presidente Michel Temer terminou a semana amargando o indigesto sabor da suspeição. E como na política o aliado de ontem esconde o algoz de amanhã, ele pode ter de responder por suposto pedido de propina para Gabriel Chalita, candidato do PMDB à Prefeitura de São Paulo em 2012, hoje vice na chapa do petista Fernando Haddad, um dos animadores do “Fora Temer”. Ler Mais »

Quem seria o verdadeiro responsável pelo acervo?

Você, leitor, já se interessou em saber qual o protocolo que rege o recebimento e a guarda de presentes ofertados por autoridades estrangeiras às nossas autoridades? Ler Mais »

Vai melhorar (15). A Petrobrás está em reconstrução

Na área econômica, a melhor notícia da semana vem da Petrobrás.

Depois de tomada de assalto e saqueada pelo PT e seus aliados, depois de ter servido para a ladroagem de bilhões de reais e de ter seus interesses prejudicados por uma série de decisões irracionais, em que a  política e a corrupção mandavam mais que o bom senso e a aritmética, a empresa começa a dar mostras de recuperação. Ler Mais »

Mudar o ensino médio é urgente, urgentíssimo

A educação é essencial para a dignidade do ser humano e para a cidadania. Estes são fundamentos da nossa República. E a concretização desse direito propicia o desenvolvimento de potencialidades, confere autonomia, qualifica para o trabalho, dissemina valores. Permite, em suma, uma pessoa mais completa, consciente e realizada. Ler Mais »

Deu chabu

Esperavam-se as ruas pintadas de vermelho e incendiadas, no último final de semana, depois do rufar dos tambores do ex-presidente Lula. Mais: em um partido estruturado à base da unichefia e do centralismo lulista, a expectativa era a de que todos os candidatos petistas vestissem a farda, pendurassem a estrelinha no peito e fizessem da defesa de Lula o carro-chefe de suas campanhas, particularmente em seus programas televisivos. Ler Mais »

A cabra e a confiança

zzzzgoldwyn-600

O cronista Nelson Rodrigues não tem culpa nenhuma, mas a cabra vadia tomou conta de nós. Nelson teria gostado muito de Samuel Goldwyn, se o tivesse conhecido. Judeu nascido Gelbfisz na Polónia, passou a Goldfish em Inglaterra e fez-se Goldwyn e produtor em Hollywood. Ora Goldwyn não queria cá saber da cabra vadia: nunca se deixou atormentar pela dúvida que hoje nos corrói a confiança. Ler Mais »

Rastros do crime

Corruptores e corruptos não registram seus negócios em cartório, não emitem recibos. Tentam não deixar vestígios. Buscam o crime perfeito. Mas quando as investigações de delitos se aproximam dos que se consideram incomuns e, portanto, autorizados a surfar acima da lei, não raro eles tropeçam em suas próprias pegadas. Tornam-se vítimas de seu auto-endeusamento. Ler Mais »

Que tal concurso público para corrupto, Lula?

“A profissão mais honesta é a do político. Sabe por quê? Porque todo ano, por mais ladrão que ele seja, ele tem que ir pra rua encarar o povo e pedir voto. O concursado, não. Ele se forma numa universidade, faz um concurso e está com o emprego garantido.” Ler Mais »

Vai melhorar (14). O Programa de Parcerias é bom

A semana que está terminando foi coalhada de acontecimentos de grande impacto. Alguns deles muito bem-vindos, como, finalmente, após quase um ano de processo se arrastando na Câmara dos Deputados, a cassação de Eduardo Cunha.  Ler Mais »

O bisavô Lula fala aos seus

Entrevista não foi. Entrevista coletiva, então, vamos falar sério, é que não foi mesmo. Coletiva sem perguntas dos jornalistas é piada, não é, não?

Que nome dar então àquela apresentação de Lula ontem em um hotel em São Paulo? Ler Mais »

Três anos e meio esta noite

p1190840-720

Marina hoje me contou um sonho.

Não vou conseguir reproduzir as palavras dela, o jeito com que ela contou, então não vou sequer tentar. Ler Mais »

Um site de filmes com mais buracos que queijo suíço

Nas últimas semanas, recebi uma meia dúzia de e-mails que me cobravam pelas omissões do meu site 50 Anos de Filmes.

Transcrevo alguns: Ler Mais »

A nova Mae West

zzzzmae-600

Tenho amigos poetas, romancistas, pintores, espíritos inquietos e brilhantes. Ouço-lhes o uivo nocturno. É um uivo que faria corar Allen Ginsberg, o morto e enterrado poeta beatnik. Ler Mais »