Dois países e uma escolha

Ganhe ou perca as eleições o PT já cumpriu a sua missão: dividiu o Brasil em dois e institucionalizou o maniqueísmo como política de Estado. Ler Mais »

Más notícias do país de Dilma (159)

Pela legislação trabalhista brasileira, não aparecer no local de trabalho por 30 dias consecutivos caracteriza abandono de emprego. Nesses casos, a empresa tem todo o direito de demitir o funcionário. Ler Mais »

Por que votar em Aécio, por que não votar em Dilma

A candidatura Aécio tem a consistência do compromisso com a estabilidade e o desenvolvimento econômico, corroídos na gestão Dilma

Por Celso Lafer

“A democracia tem como um dos seus componentes essenciais eleições livres e disputadas, cujo resultado define quem vai governar ‘contando cabeças e não cortando cabeças’, na sintética formulação de Norberto Bobbio. Ler Mais »

Ser pé-de-cana é direito de todo cidadão

Roraimense é pé-de-cana como qualquer brasileiro que goste de uma abrideira, aca, aço, a do ó, água-benta, água-bruta, água de briga, água de cana, água que gato não bebe, água que passarinho não bebe, aguardente, aguarrás, águas de setembro, alpista, aninha, arrebenta-peito, assovio de cobra, azougue, azuladinha, azulzinha, bagaceira, baronesa, bicha, bico, birita, boa, borbulhante, boresca, branca, branquinha, brasa, brasileira… Ler Mais »

É para mudar. É para libertar o país

Participar do compromisso patriótico hoje me deixou feliz, com a alma lavada. Delícia estar junto de um monte de gente que tem esperança de mudar este país. Ler Mais »

Bibi Ferreira, que coisa extraordinária

zzbibi

Eu não estava psicologicamente preparado para ver o espetáculo que é Bibi Ferreira canta Sinatra.

É de uma beleza, de uma grandeza, de uma emoção acachapantes, violentas. Ler Mais »

A camisa limpinha de Robert Redford

zzzzredford

Isso do nada se cria, nada se perde, tudo se trans­forma tam­bém tem os seus limi­tes. Lavoi­sier, está visto, não conhe­cia Robert Red­ford, que é, diga­mos, um Wil­liam Hol­den dos últi­mos 50 anos do cinema americano. Ler Mais »

Cara feia é fome

Peço desculpas ao eleitor de Dilma Rousseff por ser indelicada, mas, sinceramente, foi o que mais chamou minha atenção no debate no SBT: a cara feia de dona Dilma, assustadora. Fiquei sem saber se a cara feia era da gana que ela tem quando é contrariada ou, coitada, se estava com náuseas. Ler Mais »

A primeira arma da guerra é a mentira

A propaganda é a alma do negócio. Mais do que isso, como mostrou o Dan Draper de Mad Man, a propaganda pode ser um negócio sem alma. Ler Mais »

Más notícias do país de Dilma (158)

Com base nos poderes que lhe são conferidos pela cara-de-pau, pela desfaçatez, pelo absoluto descompromisso com a verdade dos fatos, e valendo-se da esperteza do marqueteiro João Santana, o lulo-petismo decreta: votar contra o PT é golpe contra a democracia. E revogam-se as disposições em contrário. Ler Mais »

Eu, Pierre Trudeau e o tuxaua Lourival

Assim que desembarcou em Boa Vista, em setembro de 1988, o ex-primeiro-ministro do Canadá, Pierre Trudeau, me ligou pedindo para que eu o assessorasse por aqui. Levei um susto, pois nem sabia que ele viria ao território. Fui informado de que consultara alguém do Estadão – não disse exatamente quem – para saber quem era o correspondente em Roraima, pois queria que o acompanhasse na visita a uma aldeia indígena. Ler Mais »

O método Geisel de parar de fumar

Estou usando o método Geisel de parar de fumar sem dor.

Já tenho experiência nisso. Parei durante alguns anos, graças aos chicletes de nicotina. Nunca usei o adesivo. Sou ansioso e não dá para mastigar adesivos. Ler Mais »

Dilma e Lula insistem na mentira

Não há dinheiro desviado, partido algum recebeu um centavo sequer dos contratos da Petrobrás, muito menos o PT. Tudo não passa de ação eleitoreira, da qual o ex Lula está de “saco cheio” e Dilma classifica como “golpe”. Ler Mais »

Insultos

Tiros de canhão ou finos punhais, os insul­tos, na velha e clás­sica Hollywood, deram his­tó­rias sabo­ro­sas. Conto.

zzzz1

metade de Garbo é muito melhor do que um Mayer inteiro Ler Mais »

Vamos mudar o disco?

Meu candidato era Eduardo Campos. Não havia, em meu amor ao Brasil, a menor dúvida que ele saberia nos tirar do enguiço em que estamos. Quando ele se uniu a Marina Silva, tive um princípio de dúvida. Que consegui ultrapassar diante da tragédia: se Eduardo Campos confiou nela para sua vice, esta eleitora também confiaria. Ler Mais »