MMA: Dilma x Marina

Com golpes de fazer inveja aos ídolos do MMA, Dilma Rousseff foi com tudo para cima de Marina Silva, que se esforça no revide. Um espetáculo nada digno para os mais de 140 milhões de brasileiros credenciados a escolher o próximo presidente da República, daqui a três semanas. Ler Mais »

Um bocado bruto de realidade

zzhustler1

Ainda hoje, a meio de um filme, quando acordo sobres­sal­tado do deli­ci­oso embalo de sono de um minuto, fico ali a pen­sar que estou a ver no ecrã a mais pura rea­li­dade, que aque­las som­bras não são acto­res, mas sim pes­soas a viver mesmo o que, por isso, tão bem representam. Ler Mais »

Conta outra, vó – O enigma

Nota: Historinhas em que o irmão mais novo, às vezes tido como bobo, leva a melhor, existem aos montes na literatura popular do mundo inteiro. Dentre as que eu conheço, a mais elaborada e mais poética é o maravilhoso relato bíblico da história de José. Ler Mais »

Alzirinha

Acabei de ler a trilogia Getúlio, de Lira Neto. É uma senhora biografia. Brilhante. Mas, como nada é perfeito, tem um defeito para os leitores mais velhos: o peso de cada volume. Deve ser lido com o leitor sentado, em boa posição, com boa iluminação e apoio para o livro. Ler Mais »

As fábulas de uma eleição

Fadas, reis, rainhas, príncipes, dragões, vovozinhas, lobos maus, além de monstros de toda espécie habitam as fábulas e seu universo de estereótipos que ajudam as mentes infantis a desenvolver a fantasia, a criatividade, e colaboram na absorção de princípios morais, nas boas regras de comportamento e no discernimento entre o bem e o mal. Ler Mais »

Más notícias do país de Dilma (153)

Os últimos sete dias não foram especialmente cheios de boas notícias para a presidente Dilma Rousseff. Na sexta, 5 de setembro, os portais dos grandes jornais começaram a trazer as revelações feitas ao Ministério Público pelo ex-diretor da Petrobrás, Paulo Roberto Costa, sobre o mar de lama instalado, durante os três governos petistas, na maior empresa brasileira. Ler Mais »

Coño! Gustavo Cubas se murió!

Parece que Gustavo Cubas morreu agora, esta semana, em Miami, aos 83 anos.

Parece. Nada do que diz respeito a Gustavo Cubas pode ser proclamado como uma verdade verdadeira. Gustavo Cubas é um mistério. Ler Mais »

O céu é dos drones

Há alguma coisa no ar além dos aviões de carreira. Sim, são muitas e se chamam drones. Voam para executar missões de guerra, ou entregar pizza, com a vantagem de que o piloto fica em terra. Ler Mais »

A promessa

As tempestades de setembro já eram poucas e esparsas, anunciando o fim do inverno amazônico. A passarada espalhava-se pela mata, onde fruteiras generosas ofereciam abundância e variedade capazes de alimentar bandos e bandos de araras, papagaios, jandaias, tucanos, sabiás, assanhaços e tantos outros da vasta fauna que habita o extremo norte. Ler Mais »

Delação e eleição

Eleições costumam empolgar torcidas, mexer com corações e mentes. Mas o turbilhão de emoções de 2014 parece imbatível, com enredo de fazer inveja ao melhor dos ficcionistas. Ler Mais »

Filhas

Inês pergunta sobre as pessoas, sobre as coisas. Quer saber como está minha irmã, minha sobrinha tal, meu sobrinho tal. Me pergunta sobre minhas coisas, meus sites, como estou. Ler Mais »

Não era rico, era monopolista

zzmanuel0

O cinema não me deu tudo. O tempo que julgo ver nos fil­mes tal­vez seja a ideia de tempo que lhes dou eu por já a levar da vida. Dos 10 aos 15 anos, no liceu, com excep­ção das aulas, todo o tempo foi meu. De um total anual de 8.760 horas, 7.880 gozei-as como e quando quis, senhor e dono de 90% do meu tempo. Não era rico, era mono­po­lista. Ler Mais »

Conta outra, vó – A morta-viva

Nota: O sepultamento de pessoa ainda viva, tendo os sintomas de morta, sempre foi tema de narrativas terríveis. Allan Poe (1809-1849), como não podia deixar de ser, tem duas (Premature Burial e The fall of the House of Usher); na introdução da primeira, ele apresenta casos famosos em sua época. Numa novela cheia de emoções, Selma Lagerllöf (1858-1940) também narra a história de uma moça que acaba sendo resgatada do sepultamento (En herrgårdssägen -1899). Ler Mais »

Debates?

De eleição em eleição os debates nas campanhas políticas empobrecem. Não se discute um tema em profundidade. O que mais nos interessa não é sequer mencionado. Parece que aqueles adultos se reuniram ali para se agredir. Ler Mais »

Em busca do messias

Os principais – e também os secundários – candidatos à presidência do Brasil encontraram-se pela última vez num debate vespertino na tela do SBT, um canal de onde você espera que surja a qualquer momento uma pegadinha do Ivo Holanda, uma velhinha surda da Praça da Alegria, ou o patrão atirando aviõezinhos de dinheiro para suas “colegas de trabalho”. Ler Mais »