Foi a causa, companheiro!

Ramon Mercader, o assassino de Trotsky, passou 20 anos numa cadeia mexicana sem jamais admitir ter agido a mando de Stalin, sem revelar sua real identidade. Esse militante dedicado não se via como um assassino e sim como quem cumpriu uma tarefa revolucionária, como quem nunca traiu seus companheiros de causa.  Por isso mesmo foi condecorado como herói da União Soviética, em 1961. Ler Mais »

Um salto surrealista

Vi-o dar um salto surrealista, de tomara André Breton. Foi assim que o conheci, no Festival da Figueira da Foz. Nasciam os anos 80, na sala do Casino exibira-se um filme, Rita, e levantara-se um escarcéu que nem Quixote e Sancho Pança. Ler Mais »

Fora foro privilegiado

Com 105 condenações que somam mais de 1.140 anos de prisão, a Lava-Jato faz o Brasil acreditar que é possível trancafiar endinheirados e poderosos. Nas celas de Curitiba estão ex-ministros e tesoureiros do PT, empreiteiros, doleiros. Mas não consegue pegar políticos com mandato, detentores de foro especial por prerrogativa de função, vulgo foro privilegiado. Uma excrecência que beneficia mais de 22 mil pessoas – do presidente da República e seus ministros a governadores e prefeitos, além de senadores e deputados, magistrados – algo em torno de 16 mil. E até vereadores e delegados, em alguns tipos de crimes.  Ler Mais »

Vai melhorar (4)

Assim que o impeachment passar de vez, assim que Dilma Rousseff deixar de ser presidente afastada e sumir na lata de lixo da História, assim que cessar a possibilidade macabra de ela voltar à Presidência da República, deverá haver uma enxurrada de dólares entrando no país. Cerca de US$ 50 bilhões. Ler Mais »

Pula a fogueira Iaiá, pula a fogueira Ioiô

Quantas fogueiras para pular neste São João! Precisamos ter muito cuidado, são fogueiras altas, nosso arraiá está ardendo em fogo! Ler Mais »

O Reino Unido e o ocaso do Ocidente

A história mexe-se como pêndulo, dizem. E, mesmo que seja apenas consolo, é melhor crer nessa premissa. Hoje vimos a Inglaterra fechar suas portas para o mundo. E, ainda que seja pela opção da maioria em um dos países mais democráticos do planeta, é estranho ver ingleses preferindo erguer a derrubar muros. Ler Mais »

A Grã-Bretanha escolhe o horror

Não se trata mais, de forma alguma, dos conceitos de “esquerda” e “direita” que vêm da época da Revolução Francesa de 1789.

Isso aí acabou – foi inteiramente sufocado pela poeira solta pela queda do Muro de Berlim e, um pouquinho maior que ele, do Império Soviético.       Ler Mais »

Ser ou não ser

O espírito de Hamlet paira sobre a Grã-Bretanha. Sair (Leave) ou permanecer (Remain) na União Européia, eis a questão. Em um mundo no qual os megablocos vão se formando e as cadeias produtivas são cada vez mais uma realidade, a idéia do Brexit – como é chamada a saída britânica do bloco – é um anacronismo que pode levar o velho mundo a girar para trás e condenar a Inglaterra a um papel irrelevante no comércio mundial e no concerto das nações. Literalmente, os britânicos estão divididos, embora as últimas pesquisas apontem uma leve vantagem do Remain no referendo que decidirá sobre a relação do Reino Unido com a União Européia. Ler Mais »

São lulo-petralhistas. Mas podem chamar de macaquinhos

Para se tornar palatável, após três derrotas consecutivas nas eleições presidenciais de 1989, 1994 e 1998, Lula assinou a “Carta aos Brasileiros”, dizendo ao mundo e ao mercado que não faria, na gestão da economia, nada, absolutamente nada do que o PT sempre havia defendido. Ler Mais »

It’s beyond my control

zzmanuel1 - 720

Na crónica passada falei de Dangerous Liaisons, de Stephen Frears, e da tumultuosa paixão que Michelle Pfeiffer e John Malkovich mantiveram durante o filme. Ele era o perverso e corruptor Visconde de Valmont, ela era a virtuosa e finalmente corrompida Madame de Tourvel, personagens roubadas ao romance de Laclos. Ler Mais »

Rio decreta a calamidade do Brasil

Cartão postal do país e incomparavelmente lindo, o Rio de Janeiro agoniza.

A cidade maravilhosa que sediará a Olimpíada daqui a 45 dias está em frangalhos. E o Estado que a abriga – com mais de 16 milhões de habitantes, 13 milhões na região metropolitana, na ruína.  Ler Mais »

Haja conflito de interesses!

A Comissão de Ética da Presidência vem recebendo inúmeros pedidos de quarentena remunerada por parte de agentes públicos que porventura estejam em situação de conflito de interesses, quer dizer, por não poderem trabalhar para empresas privadas por serem detentores de informações privilegiadas que acumularam durante o tempo em que serviram ao Governo Federal. Ler Mais »

Vai melhorar (3)

Desmontar as bases de uma política econômica que vinha sendo seguida ao longo de cerca de dez anos não é tarefa fácil.

Há uns dez anos os governos lulo-petistas vinham direcionando a política econômica para o fundo do poço. Tiveram, com cinco anos, 4 meses e 12 dias de desatino, de alucinação sob o comando de Dilma Rousseff, absoluto sucesso: enfiaram o Brasil na sua mais grave crise econômica (para não falar das crises política e moral). Ler Mais »

Tempos de ira

Viramos o século 20 com uma chama de esperança. A queda do muro de Berlim, o fim do apartheid, o colapso da ditaduras latino-americanas e o advento da globalização justificavam tais sentimentos. A Primavera Árabe reforçou mais ainda a impressão de que os valores da democracia ocidental se afirmavam em escala planetária. Ler Mais »

Ligações perigosas

zzzzmichele1 - 720

A beleza virtuosa de Madame de Tourvel só é a beleza virtuosa de Madame de Tourvel por causa da esplêndida expectativa de vir a ser vilmente corrompida. Ler Mais »